Comunidade São Judas ergue ermida em homenagem a jovem Irmã Priscila Scalada

Texto Paulo Araujo,fotos Odair josé

A comunidade do bairro São Judas Tadeu, no município de Barbosa Ferraz, inaugurou uma ermida em homenagem a Irmã Maria Priscila. Nascida na comunidade, desde os 14 anos dedicou-se à Obra de Schoenstatt, passando a residir com as Irmãs de Maria e atuando nas cidades de Curitiba, Londrina e Atibaia.

Pouco antes de realizar a consagração perpétua que tanto sonhava, aos 25 anos a Irmã Maria Priscila morreu na cidade de Atibaia.

A homenagem póstuma contou com a participação de grupos de jovens da cidade de Barbosa Ferraz e da presença do padre Donisetti Pitondo e padre Jorge.

Sobre Irmã Maria Priscila

Aos 14 anos, passou a residir com as Irmãs de Maria, como candidata. Fez sua vestição como Irmã de Maria de Schoenstatt, em 6 de setembro de 2003 e em 18 de dezembro do mesmo ano selou sua Aliança de Amor. Consagrou sua jovem vida inteiramente à Obra de Schoenstatt, dedicando-se com grande ardor e entusiasmo nas tarefas que lhe foram confiadas.

De modo especial, colocou seus dons artísticos com alegria a serviço da comunidade. Ela atuou em Curitiba, Londrina e Atibaia. Destacava-se pela alegria e prontidão serviçal. Seu grande desejo era consumir-se como fogo sagrado para que surja na Igreja uma nova primavera de vocações.

Nos últimos dias de sua vida, salientava a alegria de preparar-se para a consagração perpétua, com seu grupo de Irmãs. Deus antecipou a sua saudade e Ir. Priscila, desde o dia 23 de janeiro, vive para sempre no amor, sua vida arde eternamente como lâmpada sagrada para a glorificação do Pai, ela participa nas promessas de Jesus: “Eu o ressuscitarei no último dia.”

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta