Archive for 12 de julho de 2016

Polícia investiga outro suspeito no caso de grávida baleada

Do G1

thaysaA Polícia Civil trabalha em mais uma linha de investigação para esclarecer quem foi a pessoa que atirou na cabeça da jovem grávida de Tapejara, na segunda-feira (11). O delegado Gabriel dos Santos Menezes disse nesta terça-feira (12) que há duas investigações em curso, e que uma delas aponta que o autor do crime pode ter sido outra pessoa e não o ex-namorado da vítima.

“O ex-namorado foi capturado pela Polícia Militar como principal suspeito a partir de relato de populares e também pelas ameaças que a jovem sofreu no passado. Após ouvirmos algumas pessoas envolvidas, deixamos de considerá-lo como principal suspeito, apesar de ainda não termos elementos suficientes para descartar a suspeita”, detalhou o delegado. “Estamos trabalhando em outra linha de investigação que nos levam a uma outra pessoa. Ainda não podemos revelar o nome para não atrapalhar o trabalho”, acrescentou Menezes.

Thaysa Vilas Boas estava grávida de sete meses quando foi atingida na cabeça por um disparo de arma de fogo, na tarde de segunda-feira. Ela foi levada a uma unidade de saúde de Tapejara e transferida para o hospital Norospar, em Umuarama.

Os médicos fizeram uma cesárea de emergência e retiraram a criança. Nesta terça-feira (12), Thaysa está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave. A jovem está em coma e respira com ajuda de aparelhos. A bebê está bem.

O ex-namorado da vítima chegou a ser preso na segunda-feira (11), mas foi solto horas depois por falta de provas contra ele.

A Polícia Civil ainda não sabe o que aconteceu na casa. O delegado Gabriel Menezes detalha que uma adolescente, que tinha acabado de visitar Thaysa, ouviu um disparo logo depois de deixar a residência da amiga, mas não soube dizer o que poderia ter acontecido. Já o irmão da jovem, que estava na rua em frente à casa, contou que ouviu três pessoas fugindo pelo muro dos fundos após o disparo, mas não viu quem eram as pessoas.

“Vamos ouvir mais pessoas e ver se essa segunda linha de investigação ganha mais força. Acreditamos que solucionaremos o caso em breve”, diz o delegado. leia Mais

Quase 15 mil motoristas são multados por não ligar farol baixo de dia

Agência Brasil

Imagem Jusbrasil

Imagem Jusbrasil

Nos quatro primeiros dias de vigência da lei que obriga os veículos a circular com o farol baixo aceso em estradas federais durante o dia, cerca de 14,9 mil motoristas foram autuados por descumprirem a norma em rodovias federais. O balanço foi divulgado hoje (12) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e contabiliza as multas aplicadas entre sexta-feira (8) e segunda-feira (11)

A lei n° 13.290/2016 entrou em vigor no último dia 8. O motorista flagrado com as luzes apagadas comete infração média e recebe quatro pontos na carteira de habilitação, além de multa de R$ 85,13.

De acordo com a PRF, os dados de infrações são preliminares, uma vez que o agente tem o prazo de até 5 dias para fazer o registro no sistema e o fechamento ocorre após 30 dias. Na avaliação da PRF, o número de infrações aplicadas tende a cair com o passar dos dias devido ao trabalho educativo e à medida em que os condutores se acostumem com a lei e adquiram o hábito de ligar o farol.

Mais segurança Leia Mais

PF desarticula organização criminosa que atuava em nova rota fluvial no Paraná

1Maringá/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (12/7) a Operação Pleura, para desarticular uma grande organização criminosa, baseada no extremo Noroeste paranaense, que utilizava uma nova rota fluvial para escoamento de cigarros contrabandeados.

Cerca de 100 policiais federais estão cumprindo 38 mandados judiciais: 21 mandados de prisão preventiva e 17 de busca e apreensão, nos estados do Paraná (Loanda, Querência do Norte e Capanema), São Paulo (Tupã) e Mato Grosso do Sul (Naviraí).

As investigações iniciadas neste ano detectaram o uso intenso e diário dos Rios Paraná e Ivaí, na região de Querência do Norte/PR, para escoamento de cargas contrabandeadas de cigarros paraguaios, em potentes embarcações que saíam de Salto del Guairá, no Paraguai.

2O poderio da organização gerou a criação de uma extensa rede de olheiros, carregadores e batedores que utilizavam armas e lanchas de apoio para viabilizar a atividade criminosa em diversas cidades da região.

Durante as apurações, constatou-se que dois irmãos residentes em Loanda/PR, um médico e um advogado, eram líderes do esquema criminoso. Além deles, uma família baseada na região também atuava intensamente na atividade ilícita, com diversos integrantes do grupo vinculados aos atos delitivos.

A atuação criminosa levou à necessidade de a Polícia Federal criar um grupo especial em Maringá/PR, cujo combate ao crime organizado na região, colocou a unidade nos primeiros lugares de produtividade no País.

Nota de falecimento

rp_nota-de-falecimento-150x15011.jpgFaleceu em São João do Ivaí, o Sr. Francisco Fernandes, 92 anos, seu corpo está sendo velado na capela mortuária, seu sepultamento será as 17h00 desta terça-feira (12) no cemitério municipal de São João do Ivaí, Sr. Francisco é pai da Nei da Valdar e da Áurea da Saúde.

Grávida de 7 meses é baleada na cabeça; ex é preso como suspeito

Do G1

whatsapp-image-201607111A jovem Thaysa Vilas Boas, de 22 anos, levou um tiro na cabeça no começo da tarde desta segunda-feira (11), em Tapejara, no noroeste do Paraná. Ela estava grávida de uma menina de sete meses, de acordo com a Polícia Civil.

A vítima foi levada em estado grave para o hospital Norospar, em Tapejara. Os médicos fizeram um parto de emergência e retiraram o bebê.

O crime ocorreu depois do almoço, no bairro São Vicente, diz a polícia. O ex-namorado dela e pai da criança, foi preso como suspeito de ter cometido o crime.

A Polícia Civil afirma que a jovem já havia registrado boletins de ocorrência por ameaça e lesão corporal contra o suspeito, mas em todas as vezes não quis representar contra o ex-companheiro.

Pessoas próximas ao casal, porém, relatam que eles pareciam se tratar bem e que o homem já havia até comprado roupas e objetos para a filha.

O advogado dele, por ora, não foi encontrado para se manifestar. Não há detalhes ditos pela polícia sobre a motivação do crime.

Roubo em Apucarana

Dois criminosos praticaram um assalto por volta de 14h40 de segunda-feira (11) na Av. São João – Jardim Apucarana. Conforme relatou a vítima, ela foi levar um malote ao banco quando foi surpreendido por dois indivíduos, um deles armado com uma pistola, eles deram voz de assalto e levaram o malote contendo cheques e dinheiro, eles empreenderam fuga em um veículo VW/Golf.

Por volta de 16h57, a PM foi avisada que na Rua Guarani, havia um veículo suspeito na garagem de uma residência, o veículo um Golf com as características do roubo ao malote.

Nos fundos da residência foi encontrado um tijolo de maconha pesando 635g, também havia uma fogueira com sinais do malote sendo queimado, com o suspeito, foi encontrado dinheiro e cheques, ele recebeu voz de prisão por tráfico e suspeito de praticar o roubo.

Caso de ameaças em São João do Ivaí

rp_PLANTÃO-POLICIAL-300x15811111.jpgEm São João do Ivaí, foi registrado um caso de ameaça por volta de 19h47 de segunda-feira (11). De acordo com informações, a vítima ligou para a PM dizendo que está separada e seu ex-convivente de 29 anos, ele teria ameaçado ela de morte caso não voltasse com ele.

Ela disse que atualmente está residindo em São Pedro do Ivaí, nesta segunda-feira veio a casa de sua mãe, por telefone ele fez ameaças e que viria busca-la, segundo a vítima contra ele há um mandado de prisão.

A equipe policial foi alertada que ele viria em um veículo GM/Monza de cor vermelha, chegando ao endereço o veículo estava devidamente estacionado em frente à residência, o suspeito não foi localizado.

Foi solicitada apoio de outros policias quando o suspeito apareceu e novamente fez ameaças a vítima, ele ainda pegou o celular dela um LG com chip TIM. Quando ele viu os policiais ele saiu correndo pulando muro de vizinhos e desapareceu. A vítima foi orientada quanto ao procedimento e registro de BO na delegacia de polícia.