Governador Beto Richa autoriza construção do Hospital Regional e delegacia cidadã de Ivaiporã, no Vale do Ivaí

Governador Beto Richa assina autorização para licitação da construção do Hospital Regional e Delegacia Cidadã de Ivaiporã. Presentes, o secretário da Justiça e Cidadania, Artagão de Matos Leão Junior, o secretário da Comunicação Social, Marcio Villela, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano e o deputado estadual Alexandre Curi. Ivaiporã, 23/09/2016. Foto: Pedro Ribas/ANPr

O Governo do Estado vai construir o Hospital Regional de Ivaiporã, que será referência para 140 mil pessoas, de 16 municípios da região do Vale do Ivaí. Nesta sexta-feira (23), o governador Beto Richa esteve em Ivaiporã e autorizou a licitação da obra, que receberá investimento de R$ 33,8 milhões. A obra será iniciada ainda em 2016. Richa também autorizou a licitação para construção de uma delegacia cidadã no município.

O novo hospital ocupará terreno doado pela prefeitura, de 13 mil metros quadrados. A área construída terá quase 8 mil metros quadrados. Será um hospital de médio porte, com 104 leitos – dez de UTI adulto, centro cirúrgico e enfermarias, tornando-o um serviço de referência da Rede Paraná Urgência para toda a população da região. O hospital ofertará atendimentos de urgência e emergência, psiquiatria, clínica geral e cirurgias eletivas.

Hoje, o Vale do Ivaí conta com hospitais filantrópicos estrategicamente importantes para o SUS e o novo hospital vai reforçar a oferta de leitos e serviços da rede pública.

MAIS QUALIDADE – Richa disse que Ivaiporã e todo o Vale do Ivaí têm a necessidade de ter um atendimento regionalizado na área da saúde. “Há a necessidade de um atendimento hospitalar no Vale do Ivaí e estamos respondendo a essa reivindicação. O Hospital Regional vai atender a demanda de toda a região, com serviço de qualidade e mais agilidade e, sobretudo, mais humano”. afirmou o governador.

Já a delegacia cidadã, informou Richa, receberá investimento de quase R$ 3,6 milhões. “Em Ivaiporã, os investimentos feitos por nosso governo, nas mais diversas áreas, passam de R$ 140 milhões, o que demonstra a preocupação com esta cidade e região. Tudo isso é possível neste momento de crise porque nos preparamos para isso, com um ajuste fiscal. Hoje, 20 dos 27 estados brasileiros estão na iminência de decretar estado de calamidade financeira. O ajuste protegeu os paranaenses”, afirmou Richa. “As medidas equilibraram as finanças do Estado e, além disso, ajudaram os municípios, porque proporcionaram um acréscimo de receita na ordem de 20% nos repasses de recursos oriundos de tributos.”

MARCO – O Hospital Regional de Ivaiporã será referência para os municípios da 22ª Regional da Saúde – Arapuã, Ariranha do Ivaí, Cândido de Abreu, Cruzmaltina, Godoy Moreira, Ivaiporã, Jardim Alegre, Lidianópolis, Lunardelli, Manoel Ribas, Mato Rico, Nova Tebas, Rio Branco do Ivaí. Rosário do Ivaí, Santa Maria do Oeste e São João do Ivai.

“Isto é um marco para a região, uma conquista da população”, definiu Eleane Rother, diretora da Regional da Saúde. “Estamos muito honrados com este dia, há muitos anos Ivaiporã e região esperavam por isso”, disse ela. O prédio terá 11 mil metros quadrados. Dos 104 leitos, dez serão de UTI de adultos.

NOVO CONCEITO – A delegacia cidadã, que será construída em terreno também doado pela prefeitura, constitui um novo modelo de atendimento ao público, com espaços específicos reservados às vítimas e aos agressores. O atendimento também contará com o apoio de profissionais, como assistentes sociais e psicólogos, quando necessário. Um novo conceito de segurança pública focado na atenção aos cidadãos com maior celeridade e qualidade no atendimento.

O secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior, explicou que o projeto da delegacia cidadã é especial. “Ele coloca na área de segurança pública uma visão muito mais moderna, o administrativo do penitenciário, a guarda de presos e o processo de atendimento da população”, disse ele. “É uma conquista para Ivaiporã e para a região”, afirmou. A delegacia, explicou o secretário, atenderá a cidade de Ivaiporã, mas poderá fazer o atendimento aos municípios vizinhos que não tenham uma estrutura física adequada. O prazo estimado para a execução da obra é de nove meses. Já estão em construção as delegacias cidadãs de Fazenda Rio Grande e Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, e a de Matinhos, no Litoral.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta