Archive for 11 de abril de 2017

STF vai investigar 8 ministros, 24 senadores e 42 deputados citados em delações

André Richter e Felipe Pontes – Repórteres da Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin autorizou abertura de investigação contra oito ministros do governo federal, três governadores, 24 senadores e 42 deputados federais. Todos foram citados nos depoimentos de delação premiada de ex-diretores da empreiteira Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato. O ministro Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo Filho também será investigado

Com a abertura da investigação, os processos devem seguir para a Procuradoria-Geral da República (PGR) e para a Polícia Federal (PF) para que sejam cumpridas as primeiras diligências contra os citados. Ao longo da investigação, podem ser solicitadas quebras de sigilo telefônico e fiscal, além da oitiva dos próprios acusados.

Veja a lista dos ministros, senadores e deputados que serão investigados.

Ministros
1. Moreira Franco, ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República
2 – Bruno Araújo, ministro das Cidades
3 – Aloysio Nunes, ministro das Relações Exteriores
4 – Marcos Antônio Pereira, ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços
5 – Blairo Maggi, Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
6 – Helder Barbalho, ministro da Integração Nacional
7 – Eliseu Padilha , ministro da Casa Civil Eliseu Padilha
8 – Gilberto Kassab, ministro da Ciência e Tecnologia

Governadores

1 – Renan Filho, governador de Alagoas
2 – Robinson Faria, governador do Rio Grande do Norte
3 – Tião Viana, governador do Estado do Acre

Senadores

1. Romero Jucá (PMDB-RR)
2. Aécio Neves (PSDB-MG)
3. Renan Calheiros (PMDB-AL)
4. Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
5. Paulo Rocha (PT-PA)
6. Humberto Costa (PT-PE)
7. Edison Lobão (PMDB-MA)
8. Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
9. Jorge Viana (PT-AC)
10. Lidice da Mata (PSB-BA)
11. Ciro Nogueira (PP-PI)
12. Dalírio Beber (PSDB-SC)
13. Ivo Cassol (PP-RO)
14. Lindbergh Farias (PT-RJ)
15. Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
16. Kátia Abreu (PMDB-TO)
17. Fernando Collor (PTC-AL)
18. José Serra (PSDB-SP)
19. Eduardo Braga (PMDB-AM)
20. Omar Aziz (PSD-AM)
21. Valdir Raupp (PMDB-RN)
22. Eunício Oliveira (PMDB-CE)
23. Ricardo Ferraço (PSDB-ES)

24. Antonio Anastasia (PSDB-MG)

Deputados Federais

1 – Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara
2. Marco Maia (PT-RS)
3. Carlos Zarattini (PT-SP)
4. Paulinho da Força (SD-SP)
5. João Carlos Bacelar (PR-BA)
6. Milton Monti (PR-SP)
7. José Carlos Aleluia (DEM-BA)
8. Daniel Almeida (PCdoB-BA)
9. Mário Negromonte Jr. (PP-BA)
10. Nelson Pellegrino (PT-BA)
11. Jutahy Júnior (PSDB-BA)
12. Maria do Rosário (PT-RS)
13. Felipe Maia (DEM-RN)
14. Ônix Lorenzoni (DEM-RS)
15. Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE)
16. Vicentinho (PT-SP)
17. Arthur Oliveira Maia (PPS-BA)
18. Yeda Crusius (PSDB-RS)
19. Paulo Henrique Lustosa (PP-CE)
20. José Reinaldo (PSB-MA)
21. João Paulo Papa (PSDB-SP)
22. Vander Loubet (PT-MS)
23. Rodrigo Garcia (DEM-SP)
24. Cacá Leão (PP-BA)
25. Celso Russomano (PRB-SP)
26. Dimas Fabiano Toledo (PP-MG)
27. Pedro Paulo (PMDB-RJ)
28. Lúcio Vieira Lima (PDMB-BA)
29. Paes Landim (PTB-PI)
30. Daniel Vilela (PMDB-GO)
31. Alfredo Nascimento (PR-AM)
32. Zeca Dirceu (PT-SP)
33. Betinho Gomes (PSDB-PE)
34. Zeca do PT (PT-MS)
35. Vicente Cândido (PT-SP)
36. Júlio Lopes (PP-RJ)
37. Fábio Faria (PSD-RN)
38. Heráclito Fortes (PSB-PI)
39. Beto Mansur (PRB-SP)
40. Antônio Brito (PSD-BA)
41. Décio Lima (PT-SC)
42. Arlindo Chinaglia (PT-SP)

*texto corrigido às 21h29. Inicialmente, os nomes dos senadores Eduardo Amorim, Maria do Carmo Alves, Garibaldi Alves Filho, Marta Suplicy e Agripino Maria constavam na lista de investigados. No entanto, após a divulgação, o Supremo corrigiu as informações e informou que os inquéritos foram remetidos para nova manifestação da PGR. O mesmo vale para o caso do ministro da Cultura, Roberto Freire.

Ônibus de turismo é assaltado na região

Fonte Massa News

Um ônibus de turismo foi assaltado na madrugada desta terça-feira (10), na PR-444 em Apucarana. De acordo com a polícia, a forma como tudo aconteceu é a mesma de sempre. Um veículo, desta vez um Palio, emparelhou com o ônibus e um dos passageiros do carro atirou obrigando o condutor a parar. Rendido, o condutor foi obrigado a entrar em uma estrada secundária. Todos os passageiros foram revistados e foram levados dinheiro, documentos, joias, celulares e todos pertences de valor. As vítimas foram trancadas no bagageiro do ônibus e os suspeitos fugiram.

Horas depois as vítimas conseguiram sair do bagageiro e pediram ajuda a motoristas que trafegavam pela PR-444. A Polícia Militar foi acionada e registrou a ocorrência. Foram realizadas diligências na região, mas os suspeitos não foram encontrados. Apesar do susto e da violência de ser roubado, ninguém se feriu.

Os assaltos a ônibus na região são bastante comuns.

Parabéns a aniversariante Monica de Souza Moradore

Amizade não é algo que está escrito em um papel, pois o papel pode ser rasgado. Também não é algo que pode ser escrito em uma pedra, pois mesmo uma pedra pode quebrar. Mas está escrito no coração de uma pessoa, e ela fica lá para sempre. Desejo um feliz aniversário e muitas bênçãos em sua vida, minha amiga! São os votos da equipe do Supermercado Acopar, seu esposo, filha, pais, demais familiares e amigos. 

Acidente grave registrado na BR-376 em Marialva

Neste dia 10 de abril, um homem de 35 anos sofreu traumatismo craniano após colidir seu veículo com árvore, na BR-376, no contorno sul de Marialva. Conforme o Samu, a vítima foi encaminhada em estado grave para o Hospital Metropolitano de Sarandi. Já a Polícia Rodoviária Federal informa que o homem conduzida um VW Voyage com placas de Curitiba e fazia sentido Maringá quando saiu da pista de rolamento e colidiu contra uma árvore.

Trabalharam na ocorrência socorristas da Viapar e do Samu e a vítima foi transportada de helicóptero para o Hospital Metropolitano de Sarandi. As causas ainda estão sendo apuradas. Por Rubens Silva

Marcelo Odebrecht confirma em depoimento a Moro que Lula é ‘amigo’

Do G1

O empresário Marcelo Odebrecht afirmou que o codinome “amigo” das planilhas da propina da empreiteira referia-se ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em depoimento prestado ao juiz federal Sérgio Moro, nesta segunda-feira (10).

Foi o primeiro depoimento dele na Operação Lava Jato depois da assinatura do acordo de delação premiada. O empresário é réu no processo que investiga se o ex-ministro Antônio Palocci recebeu propina para favorecer a empreiteira.

Odebrecht também disse no depoimento que “italiano” era Palocci e “pós-itália”, o ex-ministro Guido Mantega. O conteúdo dos interrogatórios, assim como as delações, está sob sigilo.

A testemunha também citou uma doação ao Instituto Lula, em 2014, e a compra de um terreno que seria usado como sede do instituto. A obra acabou não realizada.

O ex-presidente do Grupo Odebrecht afirmou também que Palocci intermediava pagamentos e assuntos de interesse da empresa com o PT.

Vazamentos

Antes do término do depoimento, o juiz Sérgio Moro foi informado que o conteúdo do que Odebrecht havia dito foi divulgado por agências de notícias. Voluntariamente, advogados e outras pessoas que estavam na audiência se dispuseram a mostrar os celulares.

Moro lamentou o vazamento, mas disse que cabia à defesa dos citados decidirem, em até três dias, se tomariam alguma providência.

O que diz o Instituto Lula

O Instituto Lula afirmou que funciona no mesmo local desde 1991 e que não recebeu nenhum terreno da Odebrecht. Disse ainda que todas as doações ao Instituto foram feitas com os devidos registros e nota fiscal, dentro da lei e informadas à Operação Lava Jato.

O Instituto declarou ainda que o ex-presidente Lula não tem conhecimento ou relação com qualquer planilha na qual pessoas possam se referir a ele como “amigo”.

O advogado de Antônio Palocci e Guido Mantega não quis comentar a audiência, mas que o vazamento é criminoso. O PT não quis se pronunciar. 

Leia Mais

Paróquia São João Batista divulga programação da Semana Santa

  • Terça-Feira Santa – Procissão do Encontro de Nossa Senhora das Dores com o Nosso Senhor dos Passos, 19h30min Saída das Mulheres: Farmácia Nossa Senhora Aparecida, Saída dos Homens: Esquina da Casa do Pedro Biazin.
  • Quarta-Feira Santa – Terço Comemorativo dos 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida
  • 19h30min
  • Quinta-Feira Santa – Missa da Ceia do Senhor e Vigília Eucarística 20h00min    
  • Sexta-Feira Santa – Paixão do Senhor e Procissão do Senhor Morto 17h00min        Matriz
  • Sábado Santo – Solene Vigília Pascal             20h00min  Matriz.
  • Domingo da Páscoa na Ressurreição do Senhor 8h00min Matriz.