Archive for 29 de novembro de 2017

Natal de Luzes Coamo será nesta quinta-feira (30)

Será realizado na noite desta quinta-feira (30) o tradicional Natal de Luzes da Coamo. O evento marca o início das festividades natalinas em Campo Mourão. Além da programação artística, distribuição de balas, contará com acendimento das luzes da administração central e chegada do Papai Noel, que é uma atração à parte, pois a forma como o bom velhinho chegará é mantida em segredo pelos organizadores.

A exemplo de anos anteriores, a expectativa é reunir milhares de pessoas entre crianças e adultos, da cidade e região, neste evento que é realizado há mais de dez anos e faz parte do calendário de atrações de fim de ano da Coamo e de Campo Mourão.

 

Secretaria de Saúde encerra Novembro Azul com palestra e café da manhã

O Novembro Azul é um movimento internacional que busca a conscientização a respeito do câncer de próstata e da saúde masculina. A secretaria de Saúde de São João do Ivaí aderiu ao movimento e realizou diversas atividades durante esse mês, alertando os homens sobre a importância de cuidar da saúde preventivamente. 

Na noite de ontem (28), o plenário da Câmara de Vereadores ficou praticamente lotado para a palestra do médico urologista Bruno Toninello. A vice-prefeita Carla Emerenciano abriu o evento, reafirmando o compromisso da administração com a saúde de todos. “Muitos homens não se cuidam, pois esperam algum sinal para procurar uma unidade de saúde. Não é isso que queremos. Os homens precisam se prevenir e praticar hábitos saudáveis”.

A secretária de Saúde, Adriana Ceron de Almeida, parabenizou todos que aderiram ao mês de conscientização. “Toda a equipe de saúde está de parabéns pelo empenho, mas, principalmente, os homens que se envolveram e demonstraram interesse em se cuidar. Nossa campanha foi um sucesso, mas precisamos expandir ainda mais”, ressaltou.

O presidente da Câmara, Henrique da Cunha Silvério, também esteve presente, juntamente com os vereadores Robson Bandeira e Reginaldo Silva. Ele incentivou os homens ao cuidado com a saúde. “Eu trabalho na saúde e testemunho todos os dias a falta de cuidado dos homens. Basta ir até a unidade e ver quantos homens estão lá dentro. Nossas mulheres dão exemplo”.

Na manhã dessa quarta-feira (29), um coquetel foi servido na sede da secretaria de Saúde para marcar o encerramento do “movimento azul”. “Todos os homens que vieram na secretaria, foram convidados a tomar um delicioso café. Nossa intenção é criar um ambiente onde eles se sintam bem e retornem, pois a saúde não pode esperar”, afirma Carla Emerenciano. 

Falecimento

Faleceu em São João do Ivaí o Sr. Osmar Gomes Andrade, 68 anos, o seu corpo será velado na capela mortuária até as 15h00 desta quarta-feira (29) depois será transladado para São Paulo. O Sr. Osmar era conhecido por Osmar Mineiro.

Dengue: 20 cidades têm risco de surto da doença no Paraná

Agência Estadual

Noventa e dois por cento dos municípios do Paraná fizeram o Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, para os meses de outubro e novembro de 2017. O objetivo é apresentar o risco de transmissão destas doenças devido à presença do vetor.

O índice é resultado da comparação entre o número de imóveis visitados pelos agentes de saúde e a quantidade de focos com larvas do mosquito encontrados nas visitas.

Dos 368 municípios que realizaram o LIRAa, 58% apresentaram índices menores que 1 (231 municípios), 29% ficaram entre 1 e 3,99 (117 municípios), e 5% tiveram resultados acima 4 (20 municípios).

O resultado abaixo de 1 é considerado fora de perigo (menos de uma casa infestada para cada 100 pesquisadas), de 1 a 3,9% é estado de alerta (de uma a três casas infestadas para cada 100 pesquisadas), e acima de 4% há risco de surto e demanda ações emergenciais (quatro ou mais casas infestadas para cada 100 pesquisadas). Leia Mais

PIS/Pasep: Prazo para saque do abono salarial ano-base 2015 termina em um mês

Agência Brasil

O Ministério do Trabalho informou terça-feira (28) que trabalhadores que têm direito ao abono salarial ano-base 2015 têm até o dia 28 de dezembro para procurar uma agência bancária e retirar o benefício. O prazo final termina em um mês e não haverá nova prorrogação. Segundo o MTE, 1,42 milhão de brasileiros ainda não sacaram o dinheiro.

O montante disponível para saque é de R$ 990 milhões, para pagamentos que variam de R$ 79 a R$ 937. Metade desse valor está concentrado no Sudeste, principalmente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Quem trabalhava na iniciativa privada em 2015 pode retirar o dinheiro em qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou em uma casa lotérica. Servidores públicos devem procurar o Banco do Brasil. Cada trabalhador recebe valor proporcional à quantidade de meses trabalhados formalmente naquele ano. Se a pessoa trabalhou o ano todo, recebe o valor na íntegra. Quem trabalhou por seis meses, por exemplo, recebe metade do valor.

Quem tem direito

Para ter direito ao abono salarial ano-base 2015, é preciso ter trabalhado formalmente em 2015 e atender a alguns requisitos, como estar vinculado formalmente a uma empresa ou a um órgão público por pelo menos 30 dias naquele ano, ter remuneração média de até dois salários mínimos no período, estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep)  há pelo menos cinco anos e ter os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para saber se tem direito ao benefício, é possível fazer uma consulta no site do Ministério do Trabalho. É necessário ter em mãos o número do PIS ou do CPF e a data de nascimento.

Também é possível obter informações nas agências bancárias ou ligando para o Alô Trabalho, 158. As ligações são gratuitas de telefone fixo em todo o país.

A Caixa Econômica Federal fornece a informação aos beneficiários do PIS também pelo telefone 0800-726 02 07.  O Banco do Brasil atende os beneficiários do Pasep no número 0800-729 00 01.

Primeiro condenado por feminicídio na comarca recebe pena de 14 anos de prisão

O Tribunal do Júri da Comarca de Jandaia do Sul, no Norte-Central paranaense, condenou a 14 anos de reclusão um homem que matou sua companheira em março deste ano na residência do casal. O agressor desferiu diversos chutes e socos contra a vítima, causando-lhe a morte por traumatismo craniano encefálico e politraumatismo. Realizado no dia 23 de novembro, o julgamento foi o primeiro registrado na comarca de um caso de feminicídio.

Questão de gênero – Em vigor desde 9 de março de 2015, a Lei 13.104 estabeleceu o feminicídio como circunstância qualificadora do crime de homicídio, incluindo-o também na lista dos crimes hediondos. Desde então, a lei tem sido aplicada para aumentar as penas dos réus que cometem homicídio contra mulheres em razão de sua condição de sexo feminino, quando o crime envolve violência doméstica e familiar e/ou menosprezo ou discriminação à condição de mulher.