Associação DAR A MÃO é finalista na disputa de prêmio de Empreendedorismo Social

A entidade sem fins lucrativos Associação Dar a Mão, fundada há 3 anos em São João do Ivaí pela mãe de Dara (que possui Agenesia de mão), foi selecionada entre as Instituições Finalistas para o “Prêmio Legado de Empreendedorismo Social 2018” de Curitiba.

O prêmio é uma iniciativa do Instituto Legado, que capacita organizações sociais de todo o Brasil com o objetivo de ampliar o impacto dos projetos e ações por meio da aplicação de ferramentas e conceitos nas áreas de Planejamento, Gestão, Jurídico, Marketing, Finanças, entre outras. Por meio do estudo e do treinamento dos gestores, as capacitações, com aulas presenciais e online, possibilitam que voluntários e diretores das instituições trabalhem de forma planejada e consistente, com Planejamento Estratégico e foco no aumento do impacto social.

Desde o período de lançamento do Edital do Instituto Legado, de dezembro 2017 a fevereiro/2018, foram 560 organizações sociais que fizeram o download do edital em todo o Brasil para competir na seleção. Destas, 122 se inscreveram e concorreram a 40 vagas para participarem do Projeto Legado 2018. Na segunda etapa, foram selecionadas 43 instituições. O processo seletivo continuou no final de maio, com apresentação de Banca Eliminatória resultando em:

– 16 organizações sociais ficaram na fase chamada Fortalecimento Organizacional, para reforçar as capacitações, sendo necessário mais maturidade e aprimoramento no modo online para se elegerem à Expansão de Impacto em 2019.

– 5 organizações sociais desistiram.

– 22 organizações sociais foram adiante para a fase seguinte do Projeto, sendo aprovadas para a chamada “Expansão de Impacto”. Nesta fase, em que a Associação Dar a Mão foi selecionada pela Banca Avaliadora, ocorreram mais aulas e capacitações presenciais. Todas as instituições se tornaram concorrentes ao “Prêmio de Empreendedorismo Social”.

Destas 22, um total de 18 organizações sociais apresentaram seus projetos de Expansão de Impacto para 2019. Na Banca Eliminatória, apenas 12 instituições conseguiram passar e ser selecionadas para concorrer a 3 prêmios de R$ 10 mil reais de investimento.

“Foi uma longa trajetória até esta fase final do Prêmio Legado, a Associação Dar a Mão concorreu com importantes e renomadas instituições de vários estados do Brasil, com décadas de atuação! E nossa Associação, com apenas 3 anos de criação, mostrou que pode seguir adiante, de igual pra igual, neste trabalho que vem ajudando quase mil famílias de todas as regiões do Brasil. A Agenesia de Membros ainda é uma causa desconhecida em nossa sociedade, mas a Associação Dar a Mão está fazendo a diferença na vida de tantas pessoas que tem se destacado a nível nacional”, relata a fundadora e atual Presidente do Conselho de Administração, Geane Poteriko.

“Quando Dara nasceu e descobrimos a Agenesia de mão, causada pela Síndrome da Brida Amniótica, entendemos que alguma coisa poderia ser feita. A Geane pesquisou, correu atrás de informações, entrou em contato com muitos profissionais de diferentes áreas e pesquisadores, enfim, foi uma mãe que saiu de sua zona de conforto para lutar também por outras crianças como a filha, com a mesma condição física.  Para mim, é uma imensa satisfação fazer parte desta história como voluntária”, afirma Naime Mazetti, que está no cargo de Presidente da Diretoria Executiva da Associação Dar a Mão.

Agora nesta fase final do Prêmio Legado de Empreendedorismo Social, a Associação Dar a Mão precisa vencer entre as 3 melhores apresentações na Banca Avaliadora Final do dia 18/10 para levar o troféu, junto com investimento de R$10 mil.

No entanto, o mais importante está acontecendo: a Associação Dar a Mão já ganhou no Instituto Legado, pois hoje faz parte de uma rede que formou mais de 120 organizações no Brasil todo e terá acesso a muitas outras oportunidades da Rede Legado!!!!

“Somos vencedores por chegar na grande final, e independente do resultado da apresentação da Banca Avaliadora, estamos todos muito orgulhosos por mais esta conquista. Somos parte de uma Rede de Apoio e Acolhimento Familiar que  dá suporte, oferece gratuitamente recursos de tecnologia assistiva, realiza a doação de dispositivos protéticos feitos em impressora 3D e, o mais importante, compartilha amor para todos os envolvidos”, conclui Zane Barradas, Diretora de Finanças da Associação Dar a Mão.

Conheça as 12 organizações sociais selecionadas para a Fase Final do Prêmio, em ordem alfabética:

 

ADOPTARE

ADOTE UM FOCINHO –  TECPET

ATELIÊ BICUDINHO DO BREJO

ASSOCIAÇÃO DESPERTANDO ESTRELAS

ASSOCIAÇÃO DAR A MÃO

EMPODERIA

INSTITUTO DESENHANDO SORRISOS

INSTITUTO PORTFOLIO DE FOTOGRAFIA

PERNAS PRA QUE TE QUERO

INSTITUTO AURORA

VIVENDO O RUGBY

SOMA

A diretoria da Associação Dar a Mão estende um agradecimento especial para todos os voluntários, parceiros, famílias integrantes da Rede, e expressa também sua #Gratidão à Prefeitura Municipal de São João do Ivaí, pelo apoio do prefeito Fábio Hidek Miura e Vice-prefeita Carla Emerenciano, que sempre acreditaram no potencial deste projeto e seguem em parceria com a Associação.

A Banca Final do Prêmio será realizada no dia 18/10 e o resultado divulgado somente no dia 24/10, durante o evento: “Legado Experiência – Me Empresta Seus Olhos”, com o espetáculo de Entrega do Prêmio Legado de Empreendedorismo Social 2018, no Teatro Guaíra, em Curitiba-PR, a partir das 18h00. Todos estão convidados para celebrar juntos!

O município de São João do Ivaí é evidenciado em destaque neste trabalho da Associação Dar a Mão com impacto social por todo o Brasil. É a solidariedade que transforma a vida das pessoas, ao dar a mão a quem precisa.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta