Polícia Civil prende três pessoas que aplicavam golpes em Arapongas

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu em flagrante, três pessoas pelo crime de estelionato e associação criminosa, em Arapongas. Os dois homens, de 30 e 40 anos, e a mulher, de 35 anos, são suspeitos da prática criminosa conhecida como “jogo das tampinhas” que causou um prejuízo de R$3.350 mil para uma das vítimas.

O grupo atuava em uma tenda conhecida como “Barraca do Salame”, às margens da PR-444. Por meio de um falso jogo de azar, os suspeitos cobravam valores de aposta e ludibriavam as vítimas.

Após o ocorrido, a vítima se deu conta do golpe e foi até a delegacia para denunciar o fato. Imediatamente os policiais civis foram até o local, onde os suspeitos foram presos. No quarto de um dos suspeitos foram apreendidas as “tampinhas” pretas, como mencionado pela vítima.

O crime em questão possui baixíssimo índice de notificação, porém era praticado diariamente pela quadrilha em questão, há muitos anos no mesmo lugar. Outros integrantes da mesma associação criminosa já foram presos em flagrante pela PCPR em maio deste ano. 

O “jogo das tampinhas” consiste em apresentar três copos aos apostadores e pedir para que eles tentem adivinhar onde está a tampinha. Após a vítima fazer a aposta os golpistas viravam o copo, que sempre estava vazio. Entre os apostadores estavam os próprios suspeitos, que incentivavam as vítimas a cair no golpe e terem o dinheiro subtraído cada vez mais.

Os três suspeitos foram reconhecidos pela vítima. Posteriormente foram encaminhados para a Cadeia Pública de Arapongas e encontram-se à disposição da Justiça. 

A PCPR solicita que outras pessoas que tenham sido vítimas deste crime e reconheçam os autuados, procurem a Subdivisão Policial de Arapongas, localizada na Rua Marabu, 552, Centro.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta