Archive for Lidianópolis

Policia Militar Ambiental apreende material usado para pesca predatória

Em Lidianópolis na localidade conhecida por Salto Fervedouro no Rio Ivaí, a Policia Militar Ambiental fez a abordagem em um racho as margens do Rio Ivaí utilizado para acampamento de pescadores e encontrou materiais de pesca predatória. Foi aprendido 450 metros de rede, 4 tarrafas e um cidadão foi advertido. A Policia Militar Ambiental lembra que o local é proibido pesca.

Pesca predatória em Lidianópolis

A Policia Militar Ambiental recebeu denúncia que alguns pescadores estavam praticando pesca predatória no município de Lidianópolis na região conhecida por Salto Fervedouro.

Na madrugada deste domingo 1º de outubro a equipe de plantão encontrou um acampamento com 4 pessoas, eles relataram que não haviam visto pescadores naquela região.

A cerca de 30 metros do acampamento foi encontrado 600 metros de rede de diversas malhas, um tarrafa malha 4 e 2,5 kg de peixes nativos.

As pessoas que estavam no acampamento ao lado negaram ser donos do material encontrado, diante da falta de prova, não foi possível fazer o flagrante.

Arrastão Ecológico no Rio Ivaí

A equipe da Policia Militar Ambiental participou nesta quinta-feira (31) da abertura do primeiro dia do “Arrastão Ecológico SOS Ivaí” no distrito de Porto Ubá em Lidianópolis, pelo menos 400 kg de lixo foram recolhidos neste primeiro dia de ação.

Cohapar iniciará regularização fundiária em Lidianópolis

Documentação do município será analisada pela equipe técnica da companhia para titulação de 40 imóveis.

A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) iniciará estudos para a regularização de imóveis sem documentação em Lidianópolis. O trabalho foi iniciado depois de pedido feito pela prefeitura, que apresentou nesta quarta-feira (16) os documentos necessários para dar início a ação, voltada ao atendimento de famílias carentes da cidade.

O prefeito de Lidianópolis, Adauto Mandu, conversou com o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, sobre detalhes do programa Morar Legal Paraná. De acordo com ele, a ação beneficiará famílias residentes em 40 imóveis do Habitar Brasil, um projeto do Governo Federal desenvolvido para o reassentamento de pessoas de assentamentos precários.

Durante a visita, o prefeito também pleiteou a titulação de 250 imóveis irregulares no distrito de Porto Ubá. “Já demos inicio ao trabalho nesses 40 lotes, que é um anseio da população”, afirma. “Por isso, é importante este apoio da Cohapar para que estas pessoas que vivem há anos sem essa garantia tenham uma solução definitiva para o problema”, conclui Mandu. Leia Mais

Agricultor morre em grave acidente entre Lidianópolis e Jardim Alegre

Via Repórter do Vale Wellygton Jhones

Duas camionetas, uma Fiat Strada, com placas Lidianópolis, conduzida por Adriano Batista de Toledo, de 34 anos, e um F-250, placas de Jardim Alegre, motorista André de Silva Lange, se chocaram frontalmente na noite de domingo, (23), às 23h00.

Segundo a Polícia Rodoviária do Porto Ubá e o Corpo de Bombeiros de Ivaiporã, a colisão foi na Rodovia PRT 466, próximo ao Distrito de Placa Luar. Com o choque, o motorista da Fiat Strada, Adriano Batista de Toledo, de 34 anos, morador da Água do Lampião em Lidianópolis ficou gravemente ferido; ele ainda foi socorrido com vida, mas faleceu no Hospital.

Apesar da Strada tem lugar apenas para dois passageiros, estavam com quatro, ou seja, o motorista e mais três pessoas, sendo elas: João Vitor dos Santos, 22 anos, Luana da Silva Leal, 18 anos, e Flavia Leite, de 21 anos, as duas últimas, com ferimentos considerados graves e encaminhadas para o Hospital e Maternidade. Já o motorista da F.250, André de Silva Lange, que é morador do Monte Alto, também em Lidianópolis, sofreu apenas ferimentos leves. As causas exatas do acidente seriam apuradas. Colaboração das informações do repórter Berimbau e Margo de Ivaiporã.

Grave acidente em Lidianópolis tira a vida de jovem

Foto Vale do Ivaí Notícias

Mais um grave acidente foi registrado por volta de 19h30 desta terça-feira (20) na Rodovia PR 466 entre Lidianópolis e Jardim Alegre. O acidente envolveu um veículo Lada Like pertencente ao município de Arapuã, era conduzido por Geovane Vidal dos Santos, 20 anos, com ele estava a esposa Joelma de Fátima Ribeiro Vidal, 17 anos, os dois ficaram presos as ferragens sendo necessário a vinda dos Soldados do Corpo de Bombeiros para retira-los. Já o segundo veículo é uma GM/Zafira de Londrina, era conduzido por um menor de 16 anos também estava no carro outro menor de 16 anos, ambos de Londrina, eles tiveram ferimentos leves.

A jovem Joelma de 17 anos não resistiu e entrou em óbito no local, seu esposo sofreu ferimentos graves, ele foi encaminhado para Ivaiporã. A Policia Rodoviária do Porto Ubá vai investigar as causas do acidente.

Moradora de Lidianópolis morre em grave acidente registrado em Jardim Alegre

Fotos WhatsApp

Mais uma grave acidente foi registrado no Vale do Ivaí provocando a morte de uma pessoa. O acidente ocorreu na noite desta segunda-feira (05) na Rodovia PR 466 em Jardim Alegre próximo ao posto Brasília.

O acidente envolveu uma moto Honda Bis 100 conduzida por Angélica Conceição dos Santos, 32 anos, um VW/Gol conduzido por Reginaldo da Silva, 31 anos, ambos os veículos com placas de Lidianópolis e um terceiro veículo que seria um caminhão não identificado pois o motorista evadiu-se do local.

A Policia Rodoviária do Porto Ubá ainda está apurando como ocorreu o acidente no momento chovia muito.

O caminhão teria batido nos dois veículo o que provocou a morte da jovem condutora da motocicleta, ela era moradora na cidade de Lidianópolis, sua morte causou grande comoção na cidade, nas redes sócias amigos e familiares lamentaram sua morte.

Dois jovens morrem em acidente em Lidianópolis

Do Jornal Paraná Centro/Texto Antonello Nadal/Fotos Divulgação

Um acidente atendido pela Polícia Rodoviária do Porto Ubá, por volta das 04h15, deste sábado, 18 de março, entre um veículo Ford Ka, placas de Arapuã e um ônibus da empresa Brasil Sul, placas de Londrina, na rodovia PRC 272, km 95, próximo ao trevo da Placa Luar, vitimou o motorista Robson Rodrigo Costa Monsão, 20 anos e o passageiro José Cândido Neto, 16 anos, ambos estavam no Ford Ka. De acordo com o sargento Paulo Geremias Irmani, com a colisão frontal, os dois jovens morreram no local. Já o ônibus sofreu apenas danos materiais, mas ninguém se feriu.

Robson Monsão era morador de Arapuã. José Cândido Neto era filho do vereador Ademir Aparecido Cândido, mais conhecido como “Ferrugem”, de Lidianópolis.

Câmara Municipal de Lidianópolis regulariza as contas de 2013

A Câmara Municipal de Lidianópolis (Região Central) teve as contas de 2013 julgadas regulares após o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) acolher o recurso interposto pelo presidente do Legislativo na gestão 2015-2016, Dorival Caetani. O recorrente pediu que fosse revista a decisão do Acórdão 3800/15 da Primeira Câmara.

Ao analisar a prestação de contas de 2013, o TCE-PR detectou irregularidades no exercício. Dentre elas, incoerências nos relatórios de controle interno e atraso no recolhimento das contribuições ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Além disso, o assessor jurídico da entidade era ocupante de cargo comissionado, violando o Prejulgado nº 6 do Tribunal. O então presidente da câmara, Saulo Guerra (gestão 2013-2014), foi multado em R$ 725,48.

No recurso de revista, foram corrigidos e encaminhados todos os documentos que apresentavam inconsistências na prestação de contas original. O recorrente comprovou que Saulo Guerra ressarciu toda a dívida (R$ 134,92) gerada pelo atraso do recolhimento do INSS. A respeito da violação ao Prejulgado nº 6, defendeu que não era necessária a contratação de servidor efetivo, pois não existe demanda para o serviço em um município de pequeno porte como Lidianópolis (3.968 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE).

A Coordenadoria de Fiscalização Municipal (Cofim) observou que câmaras de pequeno porte não necessitam da contratação de assessor para as tarefas administrativas cotidianas. Além disso, os serviços jurídicos de Lidianópolis são executados pelo setor específico da prefeitura municipal. Tanto a unidade técnica quanto o Ministério Público de Contas (MPC-PR) opinaram pela regularidade das contas do exercício.

O relator do processo, conselheiro Artagão de Mattos Leão, concordou com os posicionamentos técnico e ministerial. Ele observou que a entidade efetivamente buscou regularizar suas contas. Diante disto, votou pela regularidade, ressalvando o atraso no recolhimento ao INSS e o assessor em cargo comissionado.

Os membros do Pleno seguiram, por unanimidade, o voto do relator. A decisão foi tomada na sessão de 15 de dezembro. O Acórdão 6400/16 – Tribunal Pleno, referente ao recurso, pode ser acessado na edição nº 1.510 do Diário Eletrônico do TCE-PR, veiculado no portal www.tce.pr.gov.br.

Homem é detido por comerciante por passar nota falsa

O fato foi registrado na cidade de Lidianópolis na tarde desta quinta-feira (16) na Rua JK. Segundo informou um proprietário de um Bar, dois indivíduos consumiram três refrigerantes e pagaram com uma nota de R$ 100,00 eles pegaram o troco no valor de R$ 90,00 e foram embora.

Minutos depois, o comerciante percebeu que a nota era falsa, ele junto com algumas pessoas foram atrás dos suspeitos, eles conseguiram segurar um deles, o outro fugiu, quando a PM chegou no local, o rapaz já estava dominado, ele foi levado para a delegacia de polícia de Ivaiporã. O comerciante recuperou o dinheiro levado pelos suspeitos.