Cidade sem atrações turísticas é a recordista em convênios no PR

Fonte: Gazeta do Povo

 

Curitiba e Jandaia do Sul – O município de Jandaia do Sul, na Região Norte do Paraná, firmou convênios de R$ 15,3 milhões com o Ministério do Turismo nos últimos três anos. Com isso, a cidade é a recordista paranaense em convênios com a pasta no período. Desde 2009, o prefeito de Jandaia é o ex-deputado federal José Borba (PP), um dos réus do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Curiosamente, Jandaia não é um município turístico. A cidade não consta na lista dos 65 municípios que o próprio ministério considera “indutores do turismo” no Brasil. No site da Se­­cretaria de Estado de Turismo do Paraná, a cidade não está em ne­­nhum dos 93 roteiros sugeridos à população. Mesmo assim, o valor dos convênios que Jandaia assinou com o ministério supera o de municípios tipicamente turísticos, como Mariana e Ouro Preto, em Minas Gerais, ou Porto Seguro, na Bahia.

 

A maior parte dos recursos é destinada a obras de infraestrutura, como saneamento, calçamento e pavimentação. Só para obras deste gênero, o município conseguiu firmar convênios da ordem de R$ 18,5 milhões desde 2008, de acordo com informações do Portal da Transparência, do governo federal. O volume equivale a metade do orçamento de Jandaia. O município, de 20 mil habitantes, tem orçamento aprovado de R$ 35,6 milhões para 2011.

Questionado sobre esta situação, o prefeito José Borba disse que qualquer município pode aproveitar os recursos disponibilizados pelo governo federal, desde que a prefeitura esteja “apresentando projetos que correspondam ao programa que o governo tem”. “Não só Jandaia, mas qualquer outro município tem convênio com o ministério. Hoje turismo é moda, é uma vocação que tem que ir se preparando, alicerçando. Não é só Jandaia, mas o Brasil trabalha nesse sentido”, declarou. LEIA MAIS

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta