Após ameaças, colégio é esvaziado no Paraná

As aulas tiveram que ser interrompidas, na manhã desta terça-feira (6), no Colégio Estadual Domingos Zanlorenzi, em Curitiba, após uma denúncia anônima de que haveria um atentado contra alunos. O boato era de que 40 estudantes seriam mortos.

A ameaça teria sido feita por um cartaz fixado no muro do colégio. Cerca de 70% dos alunos não compareceram às aulas por receio dos pais.

O Colégio Estadual Domingos Zanlorenzi fica no Jardim Gabineto, Cidade Industrial de Curitiba. Cerca de mil crianças e adolescentes estudam no local. Os cartazes, colados depois que um aluno foi assassinado nas redondezas, seriam represália ao crime.

A Polícia Militar foi ao colégio, mas não confirmou nenhuma ameaça. Vídeos das câmeras de segurança não apontam para a fixação de cartazes nos muros. O fato, de acordo com a Patrulha Escolar, não passou de uma brincadeira de mau gosto (com informações rádio Banda B).

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta