Em menos de 60 dias, prefeito de Ramilândia (PR) é cassado duas vezes

Do G1 PR, com informações da RPCTV Foz do Iguaçu

O prefeito de Ramilândia, no Oeste do Paraná, Rui Antônio Spagnol (PDT), foi cassado pelos vereadores em sessão extraordinária da Câmara Municipal, nesta sexta-feira (16), por sete votos a dois. Ele é suspeito de favorecer uma empresa na licitação para compra de peças para veículos da prefeitura. Cerca de dez moradores acompanharam a sessão.

Spagnol está em Brasília e por telefone afirmou para a equipe de reportagem da RPC TV Foz do Iguaçu que vai tentar todos os recursos na Justiça para invalidar a sessão de cassação. Ele afirmou também que não pode se defender na Câmara porque não foi convocado.

Esta foi a segunda vez que o prefeito perdeu o mandato em menos de dois meses. A validade da sessão que o cassou pela primeira vez, por suspeitas de desvio de dinheiro público, está sendo avaliada pelo Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná e, por isso, Spagnol se manteve no cargo até esta sexta-feira.

Logo após a decisão, os vereadores definiram que o vice-prefeito Ricardo Celone Neto (PR) deve assumir o cargo neste sábado (17), às 17h.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta