Ministério Público propõe ação por improbidade administrativa contra prefeita de Cambira

Fonte MP

A Promotoria de Justiça de Proteção do Patrimônio Público de Apucarana, região Norte do Estado, ajuizou nesta quinta-feira, 08, ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra a prefeita de Cambira, Maria Neusa Rodrigues Bellini. O Ministério Público do Paraná sustenta que ela é responsável pela contratação irregular, de vários servidores para exercerem funções diversas, sem concurso público, tais como: motoristas, operadores de máquinas, serviços gerais, auxiliares de escola, de saúde, e administrativos, marceneiro e eletricista.

Uma eventual condenação por ato de improbidade pode resultar em sanções como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, proibição de contratar com o poder público, devolução dos valores gastos nos pagamentos irregulares dos motoristas contratados. A Promotoria pediu liminarmente a indisponibilidade de bens da prefeita da cidade.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta