Crueldade com um animal em Barbosa Ferraz

Informações Coluna do Rato

 

Um ato covarde de uma pessoa desequilibrada foi registrado pela Polícia Militar de Barbosa Ferraz nesta segunda-feira (27). Os policiais foram solicitados na Rua 15 de Novembro no bairro Quebra Molas, pois havia no local um animal morto. Chegando ao endereço informado a PM foi recebida por João Batista Vieira, que bastante abalado contou aos policiais que ao acordar, foi até o pasto que fica ao lado da casa, pois ali mantém uma “égua”, que comprou há alguns meses, sendo que estava “prenha” de cerca de três meses.

Disse que viu o animal deitado e correu pra ver se havia algo de errado, mas quando se aproximou percebeu que estava morta, que haviam enfiado uma estaca de madeira de aproximadamente um metro na genitália do animal, fazendo assim que acontecesse uma forte hemorragia interna e a levasse a morte.

João Batista, que estava chorando quando a PM chegou, disse não acreditar que alguém possa fazer uma maldade tão grande como essa, matar dessa forma um animal indefeso, estando de cria é pior ainda.

Moradores que não quiseram se identificar disseram que um ex- detento da cadeia pública de Barbosa Ferraz, que mora no mesmo bairro seria o responsável pela atitude, que esta pessoa queria o animal, mas como não conseguiu cometeu esta barbaridade.

Adicionar a favoritos link permanente.

8 Comments

  1. Nem merece ser preso… merece ficar trancado por uma semana em uma quarto com o Kid Bengala… sem fornecimento de vaselina. Simples assim.

  2. HOMEM COVARDE SEM CORAÇAO -LEMBRE-SE O QUE SE FAZ AQUI,AQUI MESMO SE PAGA!!

  3. Essa pessoa é um monstro e merece apodrecer na cadeia pelo crime cometido. É revoltante um ato desses. Assassino e precisaser punido!

  4. muito chocante,
    deve por o assasino na cadeia.
    uns 10 anos de prisao pra ele

  5. Meu Deus como pode existir uma pessoa assim, chocante!

  6. VAMOS GENTE,,,SABEM QUEM FOI,,,SABEM O QUE FAZER….quem faz isso com um animal merece ser …..¨preso¨¨

  7. Só que com uma estaca maio , que fdp

  8. As autoridades deveriam prender o autor em empalá-lo, como ele fez com o animal.

Deixe uma resposta