Advogado catarinense tenta passar celular para carceragem da DFR em Curitiba

Policia Civil

Um advogado de Santa Catarina foi preso na tarde desta quinta-feira (15), em Curitiba, tentando passar um celular escondido dentro de uma embalagem de sabonete para um detento. O flagrante aconteceu no setor de carceragem da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR).

Segundo a polícia, o celular estava em uma sacola juntamente com diversos outros produtos para um detendo. O advogado afirmou que não sabia do aparelho e que a sacola foi entregue pela família do preso em Florianópolis.

Ele assinou um Termo Circunstanciado e foi liberado para responder em liberdade. Segundo o delegado-adjunto da DFR, Amarildo Antunes, as investigações continuam para elucidar o caso. “Contatamos a Ordem dos Advogados do Brasil e foram encaminhadas cópias de todo o procedimento realizado para serem tomadas as providências administrativas em relação ao advogado”, disse Antunes.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta