Paraná deve perder a liderança na produção de grãos em 2012, diz IBGE

Do G1 Paraná

O Paraná deve perder a liderança na produção agrícola em 2012. A terceira avaliação da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosos divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta terça-feira (10), mostrou que o estado deve ser responsável por 19,3% de tudo que for produzido no país. No topo do ranking aparece Mato Grosso, com 23,1%.

Em 2011, o Paraná liderou a produção nacional de grãos, com uma participação de 19,7%, seguido pelo Mato Grosso, com 19,5%.

Um dos motivos apontados para este resultado foi a estiagem que afetou as cidades e as lavouras do Paraná durante quase três meses. O Governo estadual chegou a decretar estado de emergência em 137 cidades. Em março deste ano, a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (Seab) anunciou que o prejuízo para a agricultura local foi de R$ 3 bilhões.

A região Sul também vai perder o status de maior produtora, conforme pesquisa federal. Enquanto o Centro-Oeste deve produzir 62,8 milhões de toneladas, o Sul vai colher 56,5 milhões de toneladas.

De acordo com o IBGE, nacionalmente a produção será de 158,6 milhões de toneladas, 0,9% menor que a obtida em 2011, quando foram colhidas 160,1 milhões de toneladas. O resultado, no entanto, representa alta de 0,7% em relação à estimativa de fevereiro. O levantamento indica que a área a ser colhida em 2012 será de 50,6 milhões de hectares, um aumento de 4% frente a 2011. Em relação à estimativa de fevereiro, a expansão foi de 0,6%.

As três principais culturas – arroz, milho e soja – que representam 90,9% da previsão da produção de cereais, leguminosas e oleaginosas, respondem por 83,6% da área a ser colhida no ano.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta