Mais de 200 mil ainda devem ser vacinadas no PR; prazo foi prorrogado

Do G1 Paraná

Até o meio-dia desta quinta-feira (24), um milhão e 82 mil pessoas foram imunizadas contra a gripe, no Paraná. O número representa 65% da meta do estado, que é de 1,3 milhão. A 14ª Campanha de Vacinação contra Gripe, que seria encerrada na sexta-feira (25), foi prorrogada até a sexta-feira da semana que vem (1º) para que as metas sejam atingidas.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), a expectativa era de que 80% de pessoas do grupo alvo (idosos de 60 anos ou mais, gestantes, crianças de seis meses a dois anos, indígenas e profissionais de saúde) fossem vacinadas até esta sexta-feira (25).

A enfermeira do programa estadual de imunização, Lúcia Bisetto, afirmou que a prorrogação será fundamental para aumentar o número de pessoas vacinadas. “As pessoas devem procurar o mais breve possível uma unidade de saúde, tomando a vacina elas estarão promovendo sua proteção. E o grande objetivo é evitar complicações da gripe”, afirmou.

Segundo um levantamento divulgado nesta quinta-feira (24) pela Sesa, o grupo com maior adesão à campanha até agora foi dos indígenas com 96%, totalizando 12.843 vacinações. Este grupo recebeu a vacina nas aldeias. Já as gestantes são as que menos aderiram à vacina, apenas 53%.

A vacina protege a população contra três tipos gripe – influenza A (h1n1), influenza A (h3n2) sazonal e influenza B. As crianças que nunca tomaram devem receber em duas doses com 30 dias de diferença.

“A vacina pode causar mal estar, um pouco de febre, dor no corpo, mas não causa gripe”, segundo a Lúcia Bisetto. Ela também explicou que após a vacinação leva-se em média de dez a 14 dias para o organismo desenvolver os anticorpos suficientes para proteger a pessoa.

Na capital são 53 de pontos de vacinação disponibilizados em várias regiões. Em todo o estado são mais de dois mil postos de vacinação.

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta