SUS começa a distribuir camisinhas femininas nesta semana, diz Saúde

Do G1 São Paulo

O Ministério da Saúde vai distribuir quase 2,2 milhões de camisinhas femininas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todos os Estados mais o Distrito Federal até o fim dessa semana. Até o fim do ano, a meta é distribuir 20 milhões de unidades do preservativo, segundo informou o ministério nessa terça-feira (5).

A distribuição prioriza profissionais do sexo, mulheres que têm ou convivem com que tem doenças sexualmente transmissíveis, usuárias de drogas, mulheres que estão presas ou que tem parceiros no sistema prisional.

Dos 2,2 milhões de unidades do primeiro lote, a região Nordeste será a que vai receber a maior quantidade de preservativos (677.500), seguida do Norte (527.500), Sudeste (507.500), Centro Oeste (265 mil) e Sul (215 mil), do total de 2.192.500 unidades.

O preservativo feminino chegou ao mercado brasileiro em 1997, quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a comercialização do produto no país. No período, o Ministério da Saúde distribuiu 16 milhões de preservativos para as 27 unidades da federação.

“A camisinha feminina permite que a mulher decida sobre o uso do preservativo, de modo que essa escolha não seja apenas do homem. É uma estratégia que faz parte da política brasileira de ampliar as opções de proteção às doenças sexualmente transmissíveis”, explicou o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta