Homem é assassinado a pauladas em Corumbataí do Sul

Da Coluna do Rato

A cidade de Corumbataí do Sul novamente foi palco de um bárbaro homicídio durante a madrugada desta quinta-feira (07). Jacir Aparecido Marins, 40 anos de idade, foi brutalmente assassinado ao retornar para sua residência no bairro conhecido como “Sapolândia”, próximo ao Almoxarifado Municipal. Um cunhado da vítima localizou o corpo que estava caído na Rua Itapira, cerca de 30 metros da residência da vítima, por volta das 07 horas da manhã desta quinta-feira.

A Polícia Militar ao chegar ao local do crime constatou que a vítima havia sido morta com vários golpes de pauladas, sendo que sua cabeça ficou completamente desfigurada. A polícia ainda encontrou próximo ao local, em uma pastagem, os dois pedaços de madeira que foram utilizados para cometer o crime e que estavam com várias marcas de sangue, sendo um pedaço de caibro e um cabo de foice. A polícia ainda constatou que próximo ao local do crime havia um pequeno amontoado de madeiras e marcas de uma motocicleta que teria estacionado no local, possivelmente esperando a vítima passar, pois o caibro utilizado no crime era semelhante a outras madeiras que havia no local; a polícia ainda apreendeu uma bituca de cigarros que possivelmente teria sido jogada neste local pelos autores do crime.

A princípio pensou-se que a vítima teria sido vítima de latrocínio (Roubo seguido de morte), mas sua carteira ainda estava em um dos bolsos da calça, com todos os documentos e certa quantia em dinheiro, sendo que ainda foi localizado dinheiro no bolso da camisa da vítima.

Segundo informações de familiares de Jacir, ele teria feito um comentário no dia anterior ao crime, dando a entender que algo de ruim poderia acontecer. Populares ainda disseram que ele esteve em alguns bares da cidade durante o dia, onde consumiu bebidas e em seguida teria ido para sua casa, saindo de lá somente por volta das 23 horas para buscar uma “Pizza” e não retornando mais.

Existem ainda algumas informações de pessoas que estavam pela manhã de hoje no local, de que recentemente ele havia se desentendido com a pessoa conhecida por “Carlão”, que foi morto na cidade há alguns dias atrás. A vítima era cortador de cana, e não possuía antecedentes criminais. A polícia agora investiga o caso, mas não confirma se esta morte tem relação com o homicídio ocorrido anteriormente na cidade.

Os objetos encontrados no local foram apreendidos e o corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Campo Mourão.

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta