Paraná ganha avião que era de Fernandinho Beira-Mar

Da Gazeta do Povo

Anderson Tozato/Tribuna do Paraná

O Paraná recebeu, na tarde desta quarta-feira (13), uma aeronave de modelo Beechcraft Baron 58, que será usada para reforço nas áreas da Saúde e Segurança Pública no estado. A aeronave foi doada pelo Governo Federal, como parte do programa de remoção de aviões sob custódia da Justiça, batizado de Espaço Livre.

O avião será usado para transporte de órgãos e de pessoal. A aeronave foi apreendida em 2001 pela Polícia Federal no Mato Grosso, próximo a Cuiabá. Na ocasião, o veículo transportava 488,5 kg de cocaína, com destino a São Paulo e Rio de Janeiro, a mando do traficante Fernandinho Beira-Mar. Em 2005, o veículo foi cedido à Polícia Militar do Rio de Janeiro, onde foi usado até 2011, quando foi devolvido à Justiça Federal.

A aeronave foi fabricada no início da década de 70 e comporta seis pessoas, sendo dois tripulantes e quatro passageiros. Segundo a Secretaria de Estado e Segurança Pública (Sesp), ela está pronta para uso.

A doação foi entregue pela corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, ao governador Beto Richa, em cerimônia realizada no Aeroporto do Bacacheri. No local, também foi inaugurado o hangar, que recebeu o nome de Hangar José Richa, pai do atual governador.

Richa também assinou um Termo de Acordo de Cooperação Técnica, que prevê a remoção de veículos apreendidos do pátio do Detran e da Receita Federal em Foz do Iguaçu.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta