Justiça indefere candidaturas de ex-prefeitos na região

Do Jornal Tribuna do Norte

A situação mais emblemática ocorre em Kaloré, onde o candidato à reeleição Edmilson Luís Stencel (PDT), da coligação “Kaloré para Todos”, foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa. A impugnação do pedetista foi solicitada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

De acordo com a sentença emitida pelo juiz eleitoral da Comarca de Jandaia do Sul, a qual o município de Kaloré pertence, João Gustavo Stolssis, a inelegibilidade de três anos do atual prefeito decorrente de condenações por abuso de poder político e econômico em 2004, deve ser estendida para oito anos, conforme prevê a Lei Complementar 135/2010.

O juiz considerou que, com base no termo inicial da condenação, 3 de outubro de 2004, a inelegibilidade de Stencel deve ser aplicada até 3 de outubro deste ano.

Stencel, por sua vez, disse ontem que seus assessores jurídicos estão trabalhando para reverter a decisão. Segundo ele, também está descartada a hipótese de sua chapa lançar um substituto para o cargo. “Estamos confiantes de que, pelo próprio teor da sentença, possamos manter nossa candidatura. Se eu estiver mesmo inelegível, isso é até o dia 3 de outubro. No dia da eleição, dia 7, não estarei”, sustentou o prefeito à Tribuna.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta