Copel inicia campanha de prevenção a acidentes com energia elétrica

A partir desta segunda-feira (13), a Copel inicia no Paraná mais uma campanha de  prevenção de acidentes com energia elétrica. Em 2011, 47 pessoas se acidentaram
no Estado devido ao contato com os fios da rede elétrica, resultando em 16
mortes. No Brasil, foram 856 acidentes no período, com 315 mortes.

Ao longo de toda a semana, mais de 200 empregados voluntários da Copel vão às
ruas dos maiores municípios do Paraná para levar orientações sobre as quatro
principais situações de acidentes com a eletricidade: ao instalar antena de TV,
ao soltar pipa, na construção civil e decorrente do furto de energia.           

A ação integra a 7ª Semana Nacional da Segurança com Energia Elétrica e mobiliza
46  distribuidoras  ligadas à Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia
Elétrica  (Abradee).  A  intenção  é alcançar cerca de 160 milhões de pessoas em
todo o país.

“Manter  a  rede  elétrica  em condições técnicas e de segurança adequadas é uma
obrigação  das concessionárias de energia, mas isso nem sempre é suficiente para
evitar  os acidentes”, explica o diretor de Distribuição da Copel, Pedro Augusto
do Nascimento Neto. “É preciso que a população esteja devidamente conscientizada
e orientada sobre os riscos e perigos e como evitá-los”.

A concessionária estima atingir diretamente cerca de 250 mil pessoas em todo o
Estado, a partir de palestras educativas em escolas e canteiros de obras,
anúncios em rádio, distribuição de cartilhas e folhetos explicativos com dicas
de prevenção de acidentes.

A partir desta segunda-feira (13), a Copel inicia no Paraná mais uma campanha de
prevenção de acidentes com energia elétrica. Em 2011, 47 pessoas se acidentaram
no Estado devido ao contato com os fios da rede elétrica, resultando em 16
mortes. No Brasil, foram 856 acidentes no período, com 315 mortes.

Ao longo de toda a semana, mais de 200 empregados voluntários da Copel vão às
ruas dos maiores municípios do Paraná para levar orientações sobre as quatro
principais situações de acidentes com a eletricidade: ao instalar antena de TV,
ao soltar pipa, na construção civil e decorrente do furto de energia.

A ação integra a 7ª Semana Nacional da Segurança com Energia Elétrica e mobiliza
46  distribuidoras  ligadas à Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia
Elétrica  (Abradee).  A  intenção  é alcançar cerca de 160 milhões de pessoas em
todo o país.

“Manter  a  rede  elétrica  em condições técnicas e de segurança adequadas é uma
obrigação  das concessionárias de energia, mas isso nem sempre é suficiente para
evitar  os acidentes”, explica o diretor de Distribuição da Copel, Pedro Augusto
do Nascimento Neto. “É preciso que a população esteja devidamente conscientizada
e orientada sobre os riscos e perigos e como evitá-los”.

A concessionária estima atingir diretamente cerca de 250 mil pessoas em todo o
Estado, a partir de palestras educativas em escolas e canteiros de obras,
anúncios em rádio, distribuição de cartilhas e folhetos explicativos com dicas
de prevenção de acidentes.

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. a energia esta muito cara isto é um robo

Deixe uma resposta