Acidente entre ônibus deixa 10 mortos e 89 feridos no PR

Do Bonde

Cia Notícias

Um acidente gravíssimo fez 10 vítimas fatais e deixou pelo menos 89 pessoas feridas por volta das 17h de sábado (11), na PR-323, entre Paiçandu e Doutor Camargo. De acordo com a Polícia Rodoviária de Estadual Floresta (PRE), a colisão envolveu um ônibus que fazia a linha Umuarama-Maringá, um ônibus de turismo, de uma empresa particular de Tuneiras do Oeste, um veículo Celta com placas de Jaguapitã, uma motocicleta City de Apucarana e uma caminhonete Ranger de Jussara.

As circunstâncias do acidente ainda estão sendo investigadas, mas a suspeita é de que o condutor do Celta, que seguia no sentido Doutor Camargo-Paiçandu tenha perdido o controle do carro, invadido a pista contrária e batido na lateral de um dos ônibus. A moto que vinha logo atrás do Celta não conseguiu desviar e bateu no veículo. Após a colisão, o ônibus teria perdido o controle, invadido a outra pista e colidido frontalmente com o outro coletivo. A caminhonete vinha logo atrás e também colidiu com um dos ônibus.

Segundo o Sargento Claudio Roberto Rafaeli, da PRE, uma das pessoas que estavam no Celta, sete que viajavam no ônibus da linha Umuarama-Maringá e duas do ônibus de turismo morreram no local. Dos 89 feridos, 50 estavam no ônibus da empresa particular e 35 ocupavam o coletivo que seguia para Maringá. As outras vítimas ocupavam a moto, o Celta e a caminhonete no momento do acidente.

Os feridos foram levados para hospitais de Maringá, Cianorte e Sarandi. O corpo das vítimas foram encaminhados ao IML de Maringá e estão sendo identificados. A PRE ainda não liberou os nomes dos envolvidos no acidente.

Após a colisão, a região do km 174 da PR-323 foi interditada até por volta das 22h30, nos dois sentidos. Porém, de acordo com o Sargento Rafaeli, os veículos que seguiam viagem pelo local eram instruídos a usar desvios, sem causar danos ao trânsito.

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. Rud Patrick de Oliveira

    Triste!

    Que Deus abencoe as vitimas e as suas familias!

Deixe uma resposta