Vem aí novo escândalo, maior que o mensalão

Fábio Campana

Escândalo do Mensalão? Já está sendo julgado no Supremo. Mas muito maior pode ser o escândalo que acaba de ser denunciado pelo delegado Romeu Tuma Jr., que foi secretário nacional da Justiça no Governo Lula.

Tuma acusa o governo do PT de ser ingrato com a Polícia Federal (que está em greve) e diz, como informa o jornalista Cláudio Humberto:

“Após o inquérito sobre a ex-secretária da Receita, Lina Vieira, dos relatórios de inteligência cuidadosamente confeccionados contra adversários, dos dossiês não investigados e dos vazamentos seletivos, o Planalto deveria atender às reivindicações da PF sem pestanejar!”

De duas, uma: ou o delegado Romeu Tuma Jr. mente ou fala a verdade. Nos dois casos, a investigação imediata e minuciosa é essencial.

Se inventa histórias, atinge a reputação da Presidência da República e da Polícia Federal. Tem de ser urgentemente desmentido, e processado, para que dúvida não reste a esse respeito. Mas, se as acusações forem verdadeiras, mesmo que apenas em parte, estaremos vivendo no Brasil um quadro inaceitável de desordem institucional, comandada exatamente pelos que foram eleitos para defender as instituições.

As relações do delegado Romeu Tuma Jr. com o Planalto são tensas: foi secretário nacional da Justiça, caiu após denúncias de ligação com o contrabando apoiadas por interceptações telefônicas, o Conselho de Ética da Presidência nada achou contra ele.

Mas faz parte do grupo que sabe das coisas. Há que ouvi-lo.

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. salario da policia federal ,e um salario que ninguem ganha na inciativa privada, sete mil reais de inicio e muito dinheiro! os policiais quer doze mil por mes isso e justo ?os que ganham seicentos ou setecento por mes não fazem greve.se fizerem ja são considerados bandidos pelo judiciario.se isso for pior que o mensalão! o mensalão ja está extinto dos artigos da justiça.um ex ministro disse que agora o governo não pode abrir mão do controle de gastos.mas essas greves são por causa desse ano, ser ano de eleições. greve politica.

Deixe uma resposta