Governo anuncia duplicação de rodovia onde 10 morreram no Paraná

Do G1

(Foto: Reprodução RPC TV)

O governo estadual anunciou nesta segunda-feira (13) verbas para a duplicação da PR-323, onde dez pessoas morreram após uma batida entre dois ônibus. A obra será realizada em 3,7 quilômetros do trecho entre Maringá e Paiçandu, no norte do Paraná.

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a obra foi orçada em R$ 30,5 milhões e deve começar em setembro. A previsão é que seja concluída em fevereiro de 2014.

O acidente ocorreu entre os municípios de Paiçandu e Doutor Camargo e, além das vítimas fatais, deixou 88 feridos.

Dois ônibus bateram de frente e, logo em seguida, uma caminhonete, um carro e uma motocicleta acabaram colidindo no mesmo trecho.

Um dos ônibus foi fretado por um grupo de evangélicos de Tapejara para passar o dia em um parque de Maringá, a 115 km. O outro ônibus era de uma empresa de turismo e fazia a linha Umuarama – Maringá.

Também estão previstos para a rodovia investimentos, de quase R$ 3 milhões, no acesso à região Oeste, conexão com a PR-486 no Trevo do Cedro, no município de Cafezal do Sul. O montante previsto é de R$ 2,7 milhões. O projeto deve ser finalizado em maio de 2013.

Ambas as obras, conforme divulgado pelo governo estadual, devem ser homologadas em breve. Está prevista ainda a contratação de um estudo para se identificar quais outras intervenções são necessárias na rodovia.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta