Em dois dias policia apreende milhares de maços de cigarro em São João do Ivaí

Na noite da última quarta-feira (22), por volta das 19h, Policiais Militares da ROTAM juntamente com o Serviço de Inteligência da 6ª CIPM, com sede Ivaiporã, receberam a informação de que um veiculo  GM/Astra estacionado no pátio de um hotel, localizado na Rua Corifeu de Azevedo Marques, s/n, Centro, Município de São Joao do Ivaí – PR, estaria transportando drogas.

Os policiais encontraram no local cinco veículos na garagem, sendo um GM/Astra hacth, na cor cinza, com placas de Joinville/SC; um Astra Sedan, na cor prata, com placas São Paulo/SP; um Hyuandai I-30, na cor prata, com placas de Cachoeirinha/RS; um Renault/Megane, na cor prata, com placas de São Paulo/SP e um Peugeot/307, na cor prata, com placas de Contagem/MG.

Realizado a busca veicular foram encontrado no interior dos veículos acima relacionados, 10.200 pacotes de cigarros, totalizando 102.000 maços de cigarros da marca Eight, contrabandeados do Paraguai. Também foi encontrado no GM/Astra Hacht, de Joinville/SC, um radio transceptor, que provavelmente usado para monitorar a freqüência da PM, e ainda a foi apreendida a quantia de R$ 5.520,00 em dinheiro, sendo que seu condutor evadiu-se do local.

No hotel havia cinco homens, um de 40 anos, um de 25 anos e três de 23 anos, que foram levados juntamente com os veículos e a mercadoria para a Delegacia da Receita Federal, em seguida os autores e o dinheiro foram entregues a Delegacia da Policia Federal em Londrina.

Na manhã da última quinta-feira, dia 29 de Março, por volta das 06h30min, policiais militares do Pelotão de São João do Ivaí avistaram na Rodovia PR-082 no perímetro urbano, um veículo marca GM, modelo Meriva, placas de Gália-SP, em atitude suspeita, ao avistar a viatura o suspeito tentou empreender fuga, no que foi contido pela equipe que realizou a abordagem.

Durante a fiscalização do veículo foram encontrados cerca de 20.000 maços de cigarros de diversas marcas, que ocupavam o lugar dos bancos (inexistentes, exceto o banco do motorista).

Visto que não existia nota fiscal do produto, foi dada voz de prisão ao individuo pelo crime de contrabando e encaminhado à Delegacia da Polícia Federal no município de Londrina para os procedimentos cabíveis.
 
3º Sgt. QPM 1-0 Percilio Audalio Gomes,
Aux. Comunicação Social da 6ª CIPM.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta