Ex-jogador do basquete de Campo Mourão é 236ª vítima de incêndio em Santa Maria

Gazeta do Povo

tn_279_651_Matheus_Rafael_Raschen080211O ex-jogador do time Campo Mourão Basquete Matheus Rafael Raschen, 20 anos, é 236ª vítima do incêndio da boate Kiss, em Santa Maria (RS). Ele morreu por volta das 21h30 de quinta-feira (31), em Porto Alegre, onde estava internado. De acordo com o jornal gaúcho Zero Hora, ele sofreu uma parada cardíaca.

Matheus Rafael Raschen estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Pronto Socorro (HPS), em Porto Alegre, desde domingo (27), dia do incêndio na boate Kiss. O jovem apresentou melhoras entre quarta (30) e na quinta-feira (31), mas o quadro mudou e ele morreu.

O velório está marcado para começar às 8 horas, no Ginásio do Corinthians, em Santa Cruz do Sul (RS).

Jovem integrou equipe de basquete de Campo Mourão

Natural de Santa Cruz do Sul, Raschen integrou a equipe do Campo Mourão Basquete entre 2010 e 2011. De acordo com o supervisor técnico, Eliseu Souza, além da equipe vice-campeã juvenil paranaense, o ex-jogador atuava na seleção brasileira juvenil de basquete no mesmo período.

Raschen abandou o time do Centro-oeste do Paraná e o esporte profissional quando foi aprovado, no início de 2011, no vestibular da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), para o curso de Tecnologia de Alimentos.

Em entrevista à Gazeta Maringá na terça-feira (29), o supervisor técnico contou que havia entrado em contato com a família do ex-jogador na tarde de segunda-feira (28) e recebeu a informação de que, durante o acidente, Raschen inalou fumaça e teve parte do corpo queimado.

“A sogra dele me disse que, por ser ex-atleta, o pulmão dele não foi tão afetado quanto os das outras vítimas, mas que ele teve vários ferimentos causados por queimaduras.”

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul, Raschen foi transferido para o hospital de Porto Alegre porque o estado de saúde era considerado grave.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta