Estelionatários são presos, golpe pode ultrapassar 1 milhão de reais

Ta Sabendo

tn_estelionato2-590x393A operação foi denominada ‘Blue’, inspirada na Arara Azul que aparece no filme Rio. De acordo com investigação da polícia, o casal e outras cinco pessoas participavam do golpe que era investigado pela equipe do delegado de polícia, Adriano Evangelista dos Santos, desde o início de 2013. “ Tínhamos sete mandado de prisão para cumprir de pessoas envolvidas com a quadrilha, mas só localizamos o casal”, comenta Santos.

Segundo o delegado, o inquérito do caso tem mais de 800 páginas e em apenas três empresas de fachada, abertas pela quadrilha, o golpe supera 200 mil reais. “Acreditamos que o rombo ultrapasse um milhão de reais. Ele, o mentor, já é experiente e tem uma ficha extensa,  com 18 passagens por crimes diversos, lesando clientes”, relata o delegado. A esposa dele, de acordo com a polícia, também já foi presa, acusada de furto qualificado, quando morava em São Paulo.

Nas próximas horas a polícia esperar cumprir os outros mandados de prisão. Em uma das residências, onde a polícia esteve, localizou e apreendeu 2 mil reais em dinheiro, munições de vários calibres, cheques e até o veículo do casal do casal. “Já temos materialidade suficiente que incrimina os presos. Vamos fazer nossa parte e indiciá-los por estelionato”, adianta o delegado.

O golpe

Na investigação a polícia descobriu que o grupo abria uma empresa de fachada, conhecida como ‘arara’, em ma cidade qualquer e comprava produtos alimentícios para revender. O aluguel do prédio, as primeiras compras, sempre com valores pequenos, pagava em dia para ganhar credibilidade.

Veja outras imagens

Depois de conquistar a confiança dos fornecedores os golpistas passavam a agir. Aumentavam os volumes depois de receber as mercadorias, desapareciam com os produtos sem pagar, mudando-se para outra cidade.

(Marcos de Souza)

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta