Mãe mata a filha de seis anos com a ajuda do padrasto no PR, diz polícia

do G1

desaparecidaO corpo da criança de seis anos de idade, que estava desaparecida há 32 dias, foi encontrado dentro de uma fossa, às margens da PR- 486, em Cascavel, no oeste do Paraná, na tarde desta quarta-feira (10). De acordo com a Polícia Civil, a mãe da menina e o padrasto confessaram o crime e indicaram o local onde a menina foi deixada.

Aos policiais, o casal contou que jogou o corpo na fossa no dia nove de março e que a menina foi morta espancada. A criança foi encontrada por volta das 18h. Segundo a assessoria da polícia, o Corpo de Bombeiros teve bastante dificuldade para retirar o corpo, pois foi jogado em uma fossa de aproximadamente dez metros e já estava em estado de decomposição.

A polícia tomou conhecido do desaparecimento da criança na tarde de terça-feira (9), após o tio registrar um Boletim de Ocorrência. Ele contou que percebeu o sumiço depois de ir até a escola e constatar que a sobrinha não frequentava as aulas há mais de um mês.

Na manhã desta quarta, a polícia foi até a casa da mãe da menina e ela contou que havia dado a filha para uma desconhecida na segunda-feira (8). Contudo, o companheiro dela disse que a mulher havia doado a criança na semana passada. Segundo a assessoria, o tio da menina falou que já tinha visto hematomas na sobrinha.

O casal está preso na Delegacia de Polícia Civil de Cascavel. O delegado que cuida do caso, Luiz Sodré, deve detalhar o caso em uma entrevista coletiva.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta