Campanha da vacinação contra a gripe no PR é prorrogada até dia 30

Gazeta do Povo

imagem ilustrativa

imagem ilustrativa

A campanha da vacinação contra a gripe será prorrogada, em todo o Paraná, por mais quatro dias. Com isso, as doses, que estariam disponíveis até próxima sexta-feira (26), continuarão a ser oferecidas nos postos de vacinação até o dia 30 deste mês. Segundo informações da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) a alteração foi sugerida pela Comissão Estadual de Infectologia, durante uma reunião realizada nesta segunda-feira (22).

Para dar mais impulso à campanha, as 22 regionais de saúde do estado foram orientadas a informar aos municípios que tiverem baixa cobertura vacinal e grande circulação de pessoas que façam postos volantes durante a semana e que mantenham as unidades de saúde abertas para vacinação no próximo sábado (27).

Até as 18h30 desta segunda-feira, quase 960 mil pessoas já tinham se imunizado em todo o Paraná, segundo o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), do Ministério da Saúde (MS). O programa contabiliza todas as vacinas aplicadas aos oito grupos prioritários atingidos pela campanha, iniciada na última segunda-feira (15), com base nas notificações já repassadas pelos municípios.

Até o período consultado, o grupo com o maior registro de procura pela imunização no Paraná era o dos idosos, com aproximadamente 591 mil pessoas já vacinadas. Os doentes crônicos estão no segundo lugar da lista estadual, com cerca de 140 mil imunizados. Os detentos eram os menos beneficiados até então, sendo que apenas 2,5 mil deles já haviam tomado a vacina.

Grupos prioritários

Idosos, gestantes, mulheres em período de puerpério (até 45 dias após o parto), crianças de 6 meses a 2 anos, índios, profissionais de saúde e doentes crônicos formam os grupos prioritários para receber a vacina contra a gripe, de graça, nos postos de saúde.

A imunização começou no dia 15 de abril em todo o país. A meta para este ano é imunizar 32 milhões de pessoas no Brasil que integram os chamados grupos prioritários, que incluem também a população carcerária. Serão distribuídas cerca de 43 milhões de doses que, este ano, protegem contra os seguintes subtipos de influenza: A (H1N1) ou gripe suína, A (H3N2) e B.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta