Ação conjunta do 5° bpm e polícia militar ambiental apreende 12 pássaros silvestres em Ibiporã

08 05 2013 nota imprensa 12 passaros em ibipora (2)Nesta Terça Feira, dia 07 de maio de 2013, por volta das 16hs30min, Policiais Militares pertencentes ao serviço reservado do 5º Batalhão, durante diligencias para localizar autor de crime de homicídio, localizaram pássaros silvestres apreendidos irregularmente em uma chácara localizada na rua Figueira, cidade de Ibiporã.

Os policiais acionaram uma das equipes da Segunda Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, pertencentes ao pelotão de Londrina, que deslocou-se para prestar apoio e tomar as medidas legais cabíveis.

No local, os Policiais Militares Ambientais acabaram por constatar a existência de doze pássaros silvestres mantidos em cativeiro sem a devida licença ambiental, sendo eles dois Coleirinha, dois Azulão, um Tico Tico Rei, um Sabiá Laranjeira, um Pintassilgo, um Pássaro Preto e três Canários da Terra.

Diante da situação os policiais prenderam um homem de 65 anos, que se apresentou como sendo o proprietário dos animais, ele foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Ibiporã onde foi lavrado o termo circunstanciado de infração penal, durante a lavratura do termo o homem afirmou que sabia ser ilegal manter os pássaros em cativeiro mas que mesmo assim gostava de manter os animais em gaiolas para ouvir seu canto.

Foi constatado que os pássaros passavam por maus tratos, pois não estavam sendo tomados os cuidados sanitários e de alimentação corretos, em algumas gaiolas foi encontrada grande quantidade de fezes em contato com os alimentos dos pássaros, e outros estavam recebendo alimentos diferentes do se alimentam como o caso dos sabiás que recebiam sementes ao invés de frutas na alimentação.

As aves encontradas foram encaminhadas para atendimento especializado uma vez que ao manter estes animais em cativeiro eles ficam suscetíveis a doenças e acabam por ter diminuído seu instinto de sobrevivência natural,  passarão agora por um processo de acompanhamento em um habitat controlado, até que seja possível sua reinserção na natureza.

Se você cidadão gosta de animais como estes pássaros lembre-se sempre que se em seu ambiente natural estes animais tem uma melhor condição de vida e que você também pode ser um defensor da natureza e ajudar no combate aos crimes ambientais denunciando a qualquer hora, em todo o estado do Paraná os crimes ambientais através do telefone (43) 3341-7733, em Londrina e região.

 

 

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta