Jovem De 24 Anos é morta com tiro no peito em Barbosa Ferraz

Coluna do Rato

WeslaineA jovem Weslaine Moraes dos Santos, 24 anos de idade, conhecida por “Laininha” foi atingida com um disparo de arma de fogo no tórax, lado esquerdo. Segundo informações de testemunhas que presenciaram o crime, a vítima teria se desentendido com um homem conhecido por O. R., 50 anos de idade, que durante a confusão disparou contra a vítima, que chegou a ser socorrida por outras pessoas que estavam no local, sendo encaminhada ao Hospital Municipal de Barbosa Ferraz, mas acabou não resistindo ao grave ferimento e morreu alguns minutos após receber os primeiros socorros.

O motivo do crime teria sido um desentendimento que teve início na entrada de um baile que aconteceu na cidade neste final de semana, sendo que o acusado teria pagado a entrada da irmã da vítima, uma menor de idade, gerando uma discussão com a vítima, que segundo informações de um amigo de Laininha, ela também teria pedido para que ele lhe pagasse a entrada do baile.

Resolvida a situação inicial entre eles, com o fim do baile, muitas pessoas, cerca de 30, se deslocaram para a entrada da Fazenda Canaã, local onde ocorreu o crime, e por volta das 04h30min da manhã, o acusado também teria ido até lá, sendo que ele e a vítima acabaram se envolvendo em uma nova discussão, que terminou em agressões, momento em que o acusado teria sacado uma arma de fogo, aparentemente um revolver calibre. 22, efetuando um disparo contra a vítima, que atingida no peito, caiu no meio da estrada e o autor fugiu pelo meio de um milharal, não sendo mais visto pelas pessoas que testemunharam o caso.

Weslaine, que era filha do popular “Tosca”, motorista de ônibus em Barbosa Ferraz e morava no bairro Primavera, foi socorrida por alguns amigos e levada para o Hospital Municipal de Barbosa Ferraz, onde faleceu por volta das 05h50min.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Campo Mourão.

Uma hora após a confirmação da morte de Weslaine, a residência do acusado, que fica na Avenida Castro Alves, próximo da CIRETRAN, foi incendiada, sendo que os Policiais Militares foram rapidamente acionados, deslocando até a casa, os PMs conseguiram arrombar uma das portas e quebrar algumas vidraças, utilizando um mangueira de jardim e baldes com água, conseguiram combater as chamas e evitar que a casa fosse inteiramente destruída pelo fogo.

A Polícia Civil foi informada, colheu informações e periciou o local do crime.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta