Cooperativa diz que leite adulterado no RS não chegou ao PR

Do G1

08foto_1A Confepar – Agroindustrial Cooperativa Central negou nesta quarta-feira (22) que o leite batizado no Rio Grande do Sul tenha chegado ao Paraná. Uma operação do Ministério Público gaúcho investiga a adulteração do produto por transportadores.

De acordo com o promotor Mauro Rockenbach, o leite era transportado pelos investigados até a Confepar. “Seguiam levando o leite gaúcho sabendo desde fevereiro que esse leite estava com restrição. O produto ia para Pato Branco”, disse ao G1. De acordo com a investigação, as transportadoras adulteraram pelo menos 120 mil litros de leite  nos últimos três meses. Leia Mais

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. Nesta parte você saberá que o leite faz muito bem…

    O leite é considerado benéfico à saúde. primordial durante a infância porque as suas propriedades não perdem importância na fase adulta, principalmente para prevenção de doenças como a osteoporose. Consumi-lo diariamente é sempre bom, mas, alguns têm dúvidas quanto a qual escolher. A maioria das pessoas, até por não conhecer bem os outros tipos, opta por levar para a casa o leite de vaca, o mais popular.

    Então, qual é o tipo de leite que é nutricionalmente melhor para o organismo de um adulto? Nutricionalmente, para o adulto, a ingestão do leite de vaca e seus derivados é a recomendada, pois a possibilidade de atingir as recomendações de cálcio é muito maior. Para manter ossos saudáveis, é necessário ingerir entre 1000 a 1500mg de cálcio por dia. Esta meta torna-se muito difícil de ser alcançada se houver a impossibilidade do consumo do leite de vaca. Para atingir o índice, deve-se beber de quatro a cinco copos (200ml).

    Mulheres grávidas, mulheres na menopausa e idosos, podem optar pelos benefícios do leite de cabra que contém uma quantidade de cálcio superior ao de vaca. Mas tome cuidado em sua composição há o dobro de gordura.

    E para a criança? Veja qual o melhor tipo de leite. O leite materno é a melhor opção para alimentação dos lactentes até, pelo menos, os seis primeiros meses de vida, não sendo necessário suplementar com outro alimento ou água. Após esta idade, pode-se iniciar a introdução novas formas de alimentação, em conjunto com o aleitamento materno.

    Nesta parte você vera que não é tão bom assim…

    O leite está entre os alimentos mais consumidos pelos seres humanos em todo o planeta por esse motivo os fiscais tem que ficar atentos quanto à higiene desses produtos, pois o leite da vaca é muito bom para os bezerros e para nós só que se não tomarmos adequadamente poderemos ter sérios problemas no dia a dia. Nosso corpo nem sempre recebe bem o leite de vaca e existem casos de pessoas que são alérgicas a ele e não podem nem mesmo comer outro produto que se deriva dele, além das alergias ainda pode causar dificuldade de emagrecer, diabetes 1 e constipação intestinal, as pessoas que tem rejeição a lactose no organismo não podem tomar o leite por causa do cálcio que está presente nele. Nós seres humanos somos os únicos mamíferos que trocamos o leite materno pelo leite da vaca, mas nem sempre isso é encarado da maneira correta pelas pessoas quando ainda estão no início da vida, por isso a mãe e pai têm que ficar atentos e levar seus filhos ao médico para saber se vão ter algum problema trocarem o leite materno pelo da vaca e se não vai causar nenhum tipo de doença.

    Mas e este leite adulterado o que causa ?e como foi feito ? quais são as marcas ?

    Mas qual mal essa substância pode causar à saúde? A ureia é um fertilizante muito usado no campo e contém formol, substância cancerígena condenada pela Organização Mundial da Saúde.

    “O formol, que está dentro da ureia, é usado para maquiar a adição de água, que era colocada dentro do leite. Eles queriam ganhar no volume. Só que o formol é um produto cancerígeno e cumulativo no organismo, então eles estavam usando a ureia, desconhecendo que dentro havia o formol”, engenheiro químico Jerônimo Luiz Menezes Friedrch explica porque qual motivo a ureia era adicionada no leite.

    Nessa brincadeira toda errada, foram compradas mais de 98 toneladas de ureia, o suficiente para adulterar os 100 milhões de litros de leite.

    “Nós apuramos que alguns empresários do setor de transporte de leite cru, que realizam o transporte do produtor para os postos de resfriamento, estavam lucrando com a adição de 10% de água ao volume trabalhado. Como essa adição de água faz uma diminuição do poder nutricional do leite, estavam adicionando ureia”, disse o promotor Mauro Rockenbach.

    Após a descoberta da fraude, o Ministério da Agricultura determinou o recolhimento de lotes de quatro marcas nas prateleiras dos supermercados: Latvida, Italac, Líder e Mu-mu.

    Confira a lista dos lotes de leite e marcas retirados do mercado pelo Ministério da Agricultura:

    Fábrica BOM GOSTO – TAPEJARA/RS – SIF 4182
    Leite UHT integral
    – Marca Líder
    Lote: TAP 1 MB
    Fábrica GOIASMINAS – PASSO FUNDO/RS – SIF 1369
    Leite UHT integral

    – Marca Italac
    Lote: L 05 KM3
    Leite UHT semidesnatado

    – Marca Italac
    Lote: L 12 KM1
    Leite UHT integral

    – Marca Italac
    Lote: L 13 KM3
    Leite UHT integral

    – Marca Italac
    Lote: L 18 KM3
    Leite UHT integral

    – Marca Italac
    Lote: L 22 KM4
    Leite UHT integral

    – Marca Italac
    Lote: L 23 KM1
    Fábrica VONPAR – VIAMÃO/RS – SIF 1792
    Leite UHT integral
    Marca Mumu

Deixe uma resposta