Preso afirma que cooperativa do PR participava da fraude do leite, diz MP

Do G1

Preso preventivamente na quarta-feira (22) no município de Rondinha, um dos transportadores envolvidos na fraude do leite no Rio Grande do Sul confessou nesta quinta (23) participação no esquema. Segundo o Ministério Público (MP), ele afirmou que revendia o leite adulterado a uma união de cooperativas da Região Norte do Paraná, a Confepar.

As revelações foram feitas após uma proposta de delação premiada, segundo o MP. Por causa do acordo, o transportador ganhará liberdade imediata e terá uma eventual pena aplicada pela Justiça após o oferecimento da denúncia reduzida pela metade. Leia Mais

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta