PR: sargento compra briga com moradores e políticos ao promover choque de ordem no trânsito

Do G1

37240ee313078484764661631ac526ced2faa184Um PM promoveu um choque de ordem no trânsito de uma pequena cidade do interior do Paraná. E acabou comprando uma briga com moradores e políticos.

Na cidade de 13 mil moradores e trânsito sossegado, a imprudência era rotina. Ninguém usava cinto de segurança, nem capacete.

Um comportamento que vem mudando de uns tempos para cá. “Agora que diz que precisa usar, eu estou usando”, confessa o taxista Dito Endo.

A farra acabou com a mudança no comando da PM de Tamarana. Um sargento linha dura assumiu o cargo e adotou uma política de tolerância zero com as infrações de trânsito.

“É o que me compete. E eu fui preparado e capacitado para isso”, diz o sargento da PM Michel Jovanovich.

Nas ruas, a caneta não para. A equipe do sargento aplica em média duas multas por dia e já apreendeu quase 200 veículos, a maioria motos. O rigor espantou agricultores que costumam rodar na cidade em situação irregular. O movimento no comércio caiu e foi uma chiadeira só.

O protesto chegou até a Câmara de Vereadores, que resolveu convocar o sargento Michel para dar explicações.

“Ele respondeu todas as perguntas, a população questionou, os vereadores questionaram”, contou o vereador Renato Gonçalves.

A ata da sessão mostra um grupo preocupado com a fiscalização. Moradores e vereadores falaram dos prejuízos na cidade e sugeriram que polícia fizesse uma campanha de orientação antes de aplicar as multas. O sargento bateu o pé. Disse que as leis já são conhecidas de todos e que vai continuar de olho nos abusos.

“O  tom foi de pressão. Independente de ser uma cidade pequena, na área rural, a lei é para todos. Ela deve ser cobrada, sim”, disse o sargento.

Na cidade que reaprende a cumprir as leis na marra, a discussão ganhou as ruas.

Adicionar a favoritos link permanente.

7 Comments

  1. ora Sr. EU… não falta policias, falta disciplina e educação para esse jovens. tem que pegar mesmo, quem anda sem carteira, que andam com o carro com o som absurdo, e que ficam fazendo gracinha… tem que multar e fazer perder o carro para aprender que a vida tem regras, que devem ser seguidas para uma boa convivência. quando esses jovens parar, a policia vai poder começar a fazer o trabalho dela e parar de fazer o trabalho dos pais

  2. acho que esse sargento está corretíssimo em agor de acordo com a lei… mas uma coisa me preocupa muito: No brasil tudo é política, e logo vão transferir o coitado de cidade…

  3. com cordo com este sargento ele esta de parabens fazendo seu trabalho
    mais e uma vergonha para estes politicos .
    eles não deve conhecer de lei então não pode estar representado o municipio.

  4. Indignado com as leis

    Eu to gostando da forma que a lei está sendo aplicada em São João do Ivai, espero que continue assim, espero que seja contínuo esse trabalho da policia militar.

  5. É isso aí, Sargento! Concordo plenamente com você! Se as pessoas que estão dirigindo, passaram pela auto escola deveriam ter aprendido como se devem se comportar no transito. Não é por que seja uma cidade pequena é que devem sair como se nunca tivessem passado por uma auto escola! Agora me espanta e muito o comportamento dos políticos dessa cidade em querer que a polícia afrouxe! Poxa vida que políticos a cidade elegeram!!!!! Assim realmente não dá! Temos que cassar esses políticos e logo!!!!

    • Por um ponto você esta certo, mais oque eu não acho certo é esses policiais de Sji se preocupar mais com jovem de motos ou carro rebaixado do que com ladroes onde quando você é assaltado\roubando seu carro ou casa eles vão fazer o B.O no outro dia agora liga lá ou fala pessoalmente que tem carro rebaixado ou de moto ai andando pela cidade de boa eles vão na hora.

      Resumindo: SJI falta sim Policia Militar por que Guarda de Transito já tem é de sobra.

      • nao esqueça que va maioria dos roubos e assaltos sao praticados por elementos com motocicletas. e quase todos acidentes de moto estavam envolvidos jovens menores que só prejudicavam o transito e colocava as pessas em perigo,,,sem falar que quando caiam geravam gastoa com medicamentos, transportes, e cirurgias….quem paga por isso se a moto era atrasada e muitas vezes sem procedencia….parabéns à POLICIA e se vc esta com dó leva pra casa…

Deixe uma resposta