Médicos fazem greve hoje e amanhã

Gazeta do Povo/com Agência O Globo

tn_280_651_protesto_medicos_3007trezeOs médicos do Paraná prometem paralisações e protestos nas redes de saúde pública e privada entre hoje e amanhã em pelo menos 13 cidades do estado. Em Curitiba, um ato público está marcado para a manhã e uma panfletagem deve ser feita à tarde. Os organizadores das ações dizem que o atendimento de urgências e emergências não será afetado, mas que consultas e procedimentos eletivos deverão ser transferidos.

O Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) é uma das entidades que organizam o protesto. Conforme a assessoria da entidade, a ação é parte da mobilização nacional dos médicos, que na última quarta-­feira afetou hospitais em 13 estados. Em Curitiba, atendimentos eletivos foram transferidos e causaram transtornos aos pacientes de hospitais públicos.

O manifesto é organizado em conjunto pela Associação Médica do Paraná (AMP), o Sindicato dos Médicos do Paraná (Simepar) e o Conselho Regional de Medicina (CRM). No último dia 23, a Secretaria Municipal de Saúde e os hospitais Cajuru, Evangélico e Hospital de Clínicas relataram que parte dos procedimentos agendados fori adiado.

Os protestos se dirigem, principalmente, contra três po­­sicionamentos recentes do governo federal: os vetos da presidente Dilma a alguns pontos do chamado Ato Mé­­dico; à medida provisória que aumenta para oito anos o tempo do curso superior de medicina; e à não exigência de que médicos estrangeiros passem pelo exame de revalidação do diploma, o Revalida. Leia Mais

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta