APUCARANA – Ex-presidente da Câmara é denunciado por peculato e concussão

A Promotoria de Justiça de Proteção do Patrimônio Público de Apucarana apresentou na última sexta-feira, 9 de agosto, denúncia contra o ex-presidente da Câmara de Municipal e três ex-servidores comissionados.

De acordo com a Promotoria, o vereador Alcides Ramos Júnior é acusado “pela prática de diversos delitos de peculato e concussão, em razão da nomeação dos servidores comissionados para promoverem a imagem do então presidente do Legislativo perante a população”. Além disso, segundo a denúncia, o vereador exigia que os servidores dividissem seus vencimentos com ele, na proporção de 50%. Os três comissionados foram denunciados pela prática de peculato, já que receberam sem prestar qualquer serviço de interesse da Câmara Municipal.

De acordo com a Promotoria, o valor total recebido pelo ex-presidente da Cada de Leis, com a divisão dos vencimentos dos servidores, é de aproximadamente R$ 177.950,00.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta