Ladrões de banco deixam Araruna sem comunicação telefônica

Do Site Ta Sabendo

4eba510a1f6bb6d2d0b018d467dcc25a-landscapeUma quadrilha especializada cortou os cabos das torres de telefonia da empresas Claro, Oi e Tim, na madrugada desta quarta-feira(14) em Araruna.

A ação do bando era para dificultar a comunicação de dentro para fora da cidade.

O alvo seria a agência do Banco do Brasil de Araruna que chegou ser arrombada, mas o alarme disparou, antes de chegarem ao cofre e os ladrões fugiram sem levar nada.

O que intriga a polícia são outras ações dos ladrões para dificultar a chegada dos policiais até os locais dos crimes.

2b5af840f3e593ae1b1ae76cd1f79309-landscapeEm frente a residência do técnico que da assistência a empresa de telefonia e do destacamento da Polícia Militar a quadrilha colocou grampos, conhecido como miguelito, para furar os pneus dos veículos.

Nos dois casos foram bem sucedidos. O técnico não conseguiu sair de casa e a viatura da polícia teve um dois pneus furados, atrasando ação da PM.

Antes uma caminhonete que prestava serviço para a Copel, também foi vítima dos grampos. Ao passar em frente ao destacamento da Polícia Militar, por volta das 4 horas da manhã, teve dois pneus furados.

Várias equipes, inclusive do serviço de inteligência da PM, fizeram um cerco na região, mas não conseguiram prender o bando.

A polícia localizou, abandonado na periferia da cidade, um veículo Corsa Classic, com placa de Curitiba, que provavelmente seja um dos veículos utilizados pelos ladrões.

A polícia acredita ser uma quadrilha grande, especializada e bem organizada devido às várias ações simultâneas empregadas por eles. Os policiais procuram pistas dos criminosos.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta