Policia prende suspeito de matar gestante a atear fogo

Do Jandaia On Line

suspeitoApós investigações, a Polícia Civil sob o comando do Delegado Jacovós prendeu  durante à tarde desta segunda-feira (16), José Adriano Neto.

Adriano, que é casado, foi namorado de Ana Paula durante o período em que estava separado da mulher, conforme explica o delegado. “Ana Paula ficou grávida, em seguida ele reatou com a esposa e por isso não queria assumir a criança e pediu a ela que fizesse um aborto”.

Adriano foi a última pessoa que esteve com Ana Paula em vida, ele teria marcado um encontro com a ex na quarta-feira (11) quando a jovem desapareceu, por isso se tornou o principal suspeito e prestou depoimento contraditório segundo Jacovós. Na manhã desta segunda-feira o acusado teria pedido pra fazer um acerto na firma onde trabalha e o delegado acredita que ele pretendia fugir.

O corpo de Ana Paula, grávida de oito meses, que foi encontrado carbonizado e com uma faca cravada, no município de Apucarana, foi reconhecido pela arcada dentária.

Sandra Rodrigues Pires, mãe de Ana Paula, diz não ter dúvidas que Adriano matou sua filha.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta