Equipe do PSF vai realizar palestra sobre malefícios do Narguilé

narguileNa próxima sexta-feira (20) as 09h00 da manhã, a equipe do Programa Saúde da Família de São João do Ivaí, estará realizando no Teatro Barracão, um evento que tratara de um assunto importante, principalmente para os jovens. O Tema do encontro será: Parece inofensivo, mas fumar Narguilé é como fumar 100 cigarros”. Além de palestras explicativas, também haverá uma peça teatral com o grupo Vivartt.

Participar de uma sessão de fumo de Narguilé por uma hora equivale a consumir cerca de cem cigarros, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Além de incluir 4,7 mil substâncias tóxicas presentes no cigarro comum, o fumo do Narguilé, um tipo de cachimbo oriental, possui concentrações superiores de nicotina, monóxido de carbono, metais pesados e substâncias cancerígenas, de acordo com o instituto.

A presença da água “faz com que se aspire ainda mais a fumaça, dando a impressão que o organismo fica mais tolerante, o que é errado”.

Em uma hora, uma pessoa chega a dar mil tragadas em um Narguilé. O processo gera uma fumaça inalada igual a uma centena de cigarros comuns ou mais.

Adicionar a favoritos link permanente.

5 Comments

  1. Realmente o Carlos é chucro, mas eu nao vejo ninguen roubar para comprar apetrexos de narguile, e uma essencia que e comprada a pouco mais que 1,50 R$ no paraguay, costuma ser vendida entre 5 e 10 R$, de certa forma quem fuma paga impostos, e impostos vao para o governo, e ” supostamente esse imposto seri dividido para a educaçao, a saude, e muitas outras areas publicas”.
    E ja foi a epoca que adolescente era injenuo, nos dias de hoje fumam e sabem que faz mal, tranzam sem camisinha sabendo dos riscos e vai pro caminho errado quen quer, drogas como a maconha e o crack ta en alta em todos os lugares.
    A consiencia vem da criaçao depoiz de grande fica dificil concertar!
    E eu apoio as capanhas de conscientizaçao, se a coisa ta feia assim imaginem sem.
    Se de cada dez que que viram a palestra pelomenos 1 para com o narguile, significa que a capanham valeu a pena.

  2. Sr. Carlos concordo que todos tem a liberdade de fazer o que bem intender, mas segundo seu pensamento “deixa o povo fazer o que querem,ninguém paga as contas de quem ta fazendo isso”, isso é questão de saude publica e sim você paga o atendimento no sus caso um desses indivíduos desenvolva câncer ou doença pulmonares… você iria ter o mesmo discurso caso você fosse assaltado por um viciado em crack (sei que a matéria não fala de crack).

  3. desculpa carlos mais vc e bem crucho
    vc deve não ter familia

  4. Acha a iniciativa muito boa. Parabéns ao departamento de saúde que esta promovendo tal palestra. O narguilé esta sendo um modismo entre os jovens e eles nao tem noção dos prejuizos que isso causa a saúde. Todo esclarecimento a sociedade é bem vindo. O narguilé assossiado ao uso de bebidas alcoolicas, tem prejudicando muito os jovens, tanto no ambito escolar como social. Parabéns pela iniciativa. Acredito que essas palestras também deveriam ser levadas as escolas, as igrejas. Mais uma vez parabéns pela iniciativa.

  5. Não sei o porque fazer esse tipo de palestra, deixa o povo fazer o que querem,ninguém paga as contas de quem ta fazendo isso,se bebem ou fuma eles que tão pagando e o pior de tudo o imposto, povo ridículo que querem opinar na vida das pessoas,se morrerem vão morrerem felizes aproveitando a vida fazendo o que querem, vão fala que isso estraga a vida dos familiares mais fazer palestra contra a prostituição não faz né? passam doenças para todo mundo e nada, que isso sim estraga a vida e aonde daqui alguns anos ser prostituta vai ser até um emprego descente, POVO IGNORANTE!!

Deixe uma resposta