IRETAMA – Abatedouro é interditado por desrespeitar normas sanitárias

Um abatedouro no município de Iretama, na Região Centro-Oeste do Paraná, foi interditado na semana passada. A interdição do estabelecimento, administrado pelo frigorífico Frigotam (Eduardo Campos de Freitas Comércio Atacadista de Carnes e Derivados), resultou de uma ação da Promotoria de Justiça da cidade.

Segundo a decisão judicial, apesar de o estabelecimento possuir licenciamento ambiental, “a empresa estava operando em instalações inadequadas e sem respeitar as normas de vigilância sanitária e higiene no manejo dos produtos, em prejuízo à saúde do consumidor.”

A ação civil pública, apresentada pelo promotor Bruno Rodrigues da Silva, foi instruída por relatório de vistoria emitido pela Adapar (Agência Agropecuária do Estado do Paraná). Conforme a decisão judicial, a suspensão persistirá até que a empresa faça as adequações necessárias e cumpra todas as exigências sanitárias elencadas no relatório técnico que instrui a petição inicial, bem como obtenha relatório favorável da Adapar. Em caso de descumprimento da decisão, os proprietários do abatedouro estarão sujeitos ao pagamento de multa diária no valor de R$ 10 mil.

Outro abatedouro de Roncador, administrado pela mesma empresa, foi interditado pela Justiça em 11 de setembro, também em razão de ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público. Neste caso, o MP-PR constatou a ausência de licenciamento ambiental.

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta