Paraná lança programa para levar internet banda larga a todos os municípios

Agência Estadual

O Governo do Estado lançou nesta quarta-feira a Rede 399 – Internet para Todos, programa que tem como objetivo estimular a instalação de internet banda larga em todos os municípios do Paraná. Por meio de incentivos, como a isenção de impostos e financiamentos a juros baixos, por meio da Fomento Paraná, o governo pretende incentivar a modernização da gestão pública nas prefeituras e levar internet de qualidade à maior parte dos cidadãos.

De acordo com o governador Beto Richa, a ação representa a democratização do acesso à internet banda larga.

O programa foi desenvolvido pela Secretaria para Assuntos Estratégicos, em parceria com a Celepar – Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná.

Hoje, a fibra óptica da Copel está presente nos 399 municípios do Estado, com pelo menos um ponto de ligação. A ideia é que provedores locais ou Serviços de Comunicação Multimídia Locais, incentivados pelas próprias prefeituras, ampliem o serviço.

Segundo o secretário de Assuntos Estratégicos do Paraná, Edson Casagrande, a intenção é criar condições para que cada município possa viabilizar essa infraestrutura de fibra óptica para a população.

O cadastro de projetos para a Rede 399 pode ser feito tanto pelas prefeituras, como por empresas provedoras, legalmente autorizadas pela Agência Nacional de Telecomunicações, Anatel. Um dos requisitos para a aprovação dos projetos é que todos os órgãos públicos na cidade sejam interligados pela rede de banda larga.

As prefeituras também poderão disponibilizar internet gratuita em locais públicos. Com a banda larga disponível nos municípios, a estimativa é que o acesso à internet seja mais democrático, ampliando o serviço e diminuindo os custos. Além disso, as cidades terão acesso a serviços como Internet Wifi e Tevê à cabo. Um projeto piloto da Rede 399 está em desenvolvimento na cidade de Matinhos, no Litoral do Estado. Lá, a prefeitura gasta, em média, 50 mil reais por mês em fornecimento de internet e telefonia.

O prefeito Eduardo Antônio Dalmora informou que o custo deve diminuir pela metade, já que agora terão mais opções de banda larga.

Os provedores terão redução de 95% no ICMS cobrado de mercadorias adquiridas para implantar a rede.

Eles também contarão com financiamentos da Fomento Paraná, com juros abaixo do preço de mercado, para facilitar a realização dos projetos. As prefeituras podem requerer recursos do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, BRDE.

Os municípios e empresas provedoras interessados em participar do projeto Rede 399 podem encontrar mais informações no site www.rede399.pr.gov.br.

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta