Projeto ajusta em mais de 170% impostos em B. Ferraz

Tribuna do Interior

barbosa_3Projeto da prefeitura de Barbosa Ferraz ajustou em 172,2% o valor de impostos no município. O documento, levado em regime de urgência à Câmara de Vereadores, eleva a Unidade Fiscal de Referência (UFIR) – fator de correção do valor dos impostos no Brasil -, de R$ 38,50 para R$ 105. O caso gera polêmica na cidade. Moradores estão apreensivos já que a mudança refletirá diretamente sobre o reajuste do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) entre outras taxas. O projeto foi aprovado na sexta-feira, por 6 votos a 3, durante sessão extraordinária.

A reportagem tentou falar ontem com o prefeito Gilson Cassol (PT), para comentar o caso, mas ele não atendeu as ligações e não retornou. Segundo informações repassadas pelo setor de tributação, o ajuste será feito com base em estudo feito por uma empresa de Cascavel, contratada pelo município. Segundo informações, as taxas tributárias da cidade estavam sem reajustes há vários anos sem qualquer projeto que corrigisse os valores. De acordo com o departamento de Administração da prefeitura, a defasagem na lei, implicava em renuncia de receita, o que dificulta ações do município em investimentos, tanto na área de infraestrutura urbana e rural, como em vários outros setores.

O presidente da Câmara de Vereadores da cidade, Luciano Soares de Souza (PSD) criticou o projeto, que ao todo tem cerca de 150 páginas. “É um projeto que chegou em cima da hora sem tempo hábil de a gente fazer uma análise profunda”, criticou. O vereador reconhece que o município enfrenta uma “série de injustiças fiscais”, no entanto alerta que os valores têm de que ser readequados com estudos e análises profundas. “Não podemos fazer isso à toque de caixa”, argumentou. Leia Mais

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. Se o vereador e presidente da câmara Luciano manifestou-se contrário ao projeto – inclusive votando contra, embora não precisasse – porque é que ele não orientou a bancada do seu partido para votar contra? Prá mim ele está jogando para a torcida!

Deixe uma resposta