Emprego desaba com Dilma

O país criou 1,1 milhão de empregos com carteira assinada em 2013, segundo dados do Caged divulgados hoje pelo Ministério do Trabalho. A quantidade de novas vagas foi 14,8% inferior em relação ao resultado do ano passado, quando foram criadas 1,3 milhão de vagas. É o pior resultado desde 2003, muito abaixo da meta do governo, de criar 1,4 milhão de novos postos de trabalho. O total de admissões no ano foi de 22,1 milhões, e o total de desligamentos divulgado pelo ministério foi de 21 milhões. As informações são jornal Folha de S. Paulo.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta