Conta de água ficará mais cara no Paraná

Do G1

AguaA partir de 24 de março a tarifa de água e esgoto cobrada pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) será reajustada em 6,4%. O índice ficou abaixo do pretendido pela companhia, que havia solicitado correção de 8,17% na tarifa. O reajuste é válido para 345 municípios atendidos pela Sanepar no Paraná, além de Porto União, em Santa Catarina.

Este é o terceiro reajuste decretado da gestão do governador Beto Richa (PSDB). Entre 2005 e 2010, a tarifa ficou congelada. Segundo a Sanepar, a falta de correção fez com que a empresa deixasse de faturar R$ 1,2 bilhão na empresa no período. No último ano, o percentual de reajuste foi próximo ao decretado neste ano, 6,9%.

Atualmente, moradores de Curitiba que consomem até 10 metros cúbicos pagam R$ 43,72, referentes a água e esgoto. Com o reajuste, o valor passa para R$ 46,51, ou seja, um acréscimo de R$ 2,79. Para as demais localidades, o aumento será de R$ 2,72.

A análise do pedido de reajuste da tarifa foi feita pelo Instituto das Águas do Paraná, que é o ente regulador. Após a definição do percentual, o reajuste foi homologado pelo governador e publicado no Diário Oficial de quarta-feira (18).

Tarifa social
A tarifa social, destinada às famílias de baixa renda, também será reajustada em 6,4%. Isso significa que as pessoas beneficiadas pelo projeto pagarão R$ 0,60 a mais na tarifa de água e esgoto. O valor passa de R$ 9,30 para R$ 9,90.

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. Vai… Vota no Beto Richa!!!!

Deixe uma resposta