JANDAIA DO SUL – Motorista que causou acidente ao dirigir embriagado é condenado a 8 anos de prisão

Um motorista que causou um acidente de trânsito ao dirigir sob efeito de álcool, deixando uma pessoa morta e uma ferida, foi condenado nesta quinta-feira, 20 de março, pelo Tribunal do Júri, a oito anos e dois meses de reclusão, em regime inicial fechado. O acidente ocorreu em Jandaia do Sul, em 2004.

De acordo com a promotora de Justiça Fernanda Lacerda Trevisan Silvério, responsável pela acusação, o motorista Sami Anderson Silva voltava de uma festa chamada “paradão de som” quando bateu de frente com a motocicleta em que estavam Claudinei Simião de Aguiar e Leda Maria Fabri Aguiar. Claudinei faleceu no local e Leda ficou gravemente ferida. Ainda segundo o MP-PR, policiais militares que atenderam à ocorrência afirmaram que o motorista apresentava sinais de embriaguez, fato comprovado por teste do bafômetro.

A promotora de Justiça sustentou, durante o Júri, que Sami Anderson Silva agiu com dolo eventual (quando se assume o risco de que um crime ocorra), pois, além de dirigir sob efeito de álcool, ele atingiu a motocicleta na pista contrária, em uma curva em que a ultrapassagem era proibida. Os jurados acataram integralmente a tese acusatória, condenando o réu por homicídio doloso e homicídio doloso tentado.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta