Ladrões roubam creche e deixam bilhete justificando o crime

Do G1

"Vamos dar para crianças que não têm. Não adianta procurar. Somos de longe", escreveram os ladrões no bilhete (Foto: Reprodução/RPC TV)

“Vamos dar para crianças que não têm. Não adianta procurar. Somos de longe”, escreveram os ladrões no bilhete (Foto: Reprodução/RPC TV)

 

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Malvina Poppi Pedrialli foi arrombado e teve objetos furtados na madrugada desta segunda-feira (24) em Londrina, no norte do Paraná. No local os ladrões deixaram um bilhete justificando que o furto seria para ajudar “crianças que não tem”. A Polícia Militar foi chamada e um boletim de ocorrência foi resgistrado. A polícia informou que vai investigar o caso. Até as 14h30, ninguém foi preso.

Segundo uma educadora, que não quis se identificar, o roubo foi percebido no começo da manhã. “O alarme estava desligado, o que já nos assustou. Quando entramos, vimos tudo revirado. Ficamos com medo e ligamos para a polícia”, contou.

Os ladrões entraram por uma porta dos fundos. Foram roubados oito câmeras fotográficas, três aparelhos de DVD, R$ 350 em dinheiro e brinquedos que seriam para uma brinquedoteca que está sendo instalada no local. Talões de cheque em nome da Associação de Pais e Funcionários da CMEI também foram levados.

O CMEI fica na Vila Fraternidade, zona leste de Londrina. O local atende 120 crianças, com idade entre três meses e cinco anos.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta