Professor passa por mudança de sexo e voltará de férias como mulher

foto_38963_300,250,index

Um professor norte-americano está se preparando para lidar com uma grande mudança na sua vida pessoal e profissional, nas próximas semanas. Gary Sconce, de 56 anos, aproveitará as férias escolares para passar por uma terapia de mudança de sexo e voltará às salas de aula do colégio The Yosemite High School como professora Karen Adell Scott. A instituição apoiou a decisão do docente e já enviou uma carta a seus alunos e responsáveis avisando sobre o acontecimento. As informações são do Daily Mail.

“É como se eu estivesse saindo de um confinamento em uma prisão solitária e escura. Eu não conseguia acreditar que eu era realmente livre. As pessoas dizem que é como uma doença mental, mas não… é uma questão de ser autêntico consigo mesmo”, explicou Sconce sobre o motivo de sua decisão, que já se submeteu a um tratamento de reposição hormonal.

Para alertar aos estudante do colégio e seus pais, o responsável pela unidade, James Sargent, escreveu um aviso alertando sobre a mudança de nome e gênero de Sconce e citou ainda o artigo 220 do Código de Educação da Califórina, que diz “ninguém será submetido a discriminação com base no sexo, identidade de gênero, expressão de gênero ou orientação sexual”.

Com relação aos seus alunos, Sconce avisou que não vai continuar a lecionar de forma “conservadora e disciplinada” e que não vai obrigar os estudante a compreenderem de pronto a mudança.

Outro desafio para Sconce será terminar o seu divórcio. “Considere o seguinte: eu perdi meu casamento de 35 anos com uma mulher magnífica, brilhante, vou perder minha casa e estou gastando dinheiro em alterações físicas graves e dolorosas – incluindo serviços psicológicos”, contou ele, que apesar dos obstáculos, acredita que será feliz após sua “transformação”:

‘”Eu sabia que eu era uma menina desde os meus primeiros pensamentos conscientes. Eu tentava desesperadamente, todas as manhãs, acordar como uma mulher isso agora irá acontecer”, afirma.

Fonte: extra.globo.com

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta