Menino de um ano morre afogado em balde enquanto mãe lavava roupa em Almirante Tamandaré

Rádio Banda B

Um bebê de apenas um ano e três meses morreu afogado em um balde na tarde desta terça-feira (26). A tragédia aconteceu na casa da família, no km 17 da Rodovia dos Minérios, emAlmirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba.

Segundo o secretário de saúde da cidade, Antônio Todeschi, conhecido como “Tonhão da Saúde”, a mãe, de 18 anos, lavava roupa quando o incidente aconteceu. “Ela deixou um balde perto dela e a criança ‘mergulhou’ no balde e ficou com a cabeça submersa. Como o objeto não virou, não caiu, ele não conseguiu escapar”, explicou em entrevista à Banda B.

O bebê, identificado apenas como Luiz, ficou submerso por cerca de 10 a 15 min, quando a mãe percebeu que ele estava se afogando. “Ela trouxe o menino para a unidade de saúde, mas não deu tempo de salvá-lo. Os médicos entubaram a criança e tudo, mas, infelizmente, já era tarde. O caso é muito triste e deixou todos os funcionários consternados”, contou Tonhão.

Ele orientou ainda que os pais tomem muito cuidado para evitar esse tipo de acidente. “A criança precisa ser vigiada 24 horas por dia. Não dá para perdê-los de vista nem por um minuto ”, concluiu.

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta