Greve deve deixar alunos da rede estadual sem aulas a partir desta quarta

Da Gazeta do Povo

Os professores da rede pública estadual de ensino começam nesta quarta-feira (23) uma greve por tempo indeterminado em todo o Paraná. A previsão do sindicato que representa a categoria é que as cerca de 2,1 mil escolas tenham o funcionamento afetado pelo movimento e que a maior parte delas fique sem aulas. A Secretaria Estadual de Educação (Seed), no entanto, determinou que “as escolas estaduais do Paraná deverão ficar abertas para receber os alunos.”

No caso de não haver aulas, a orientação da Seed aos pais é para que procurem os diretores das escolas para saber quando serão repostas as aulas. O órgão esclareceu, em nota, que para que as horas-aula sejam contabilizadas como cumpridas – tanto pelos alunos quanto pelos professores –, é necessário haver “condições de trabalhar de forma habitual, com presença de qualquer número de alunos.”

A presidente do Sindicato dos Professores do Paraná (APP Sindicato), Marlei Fernandes de Carvalho, disse que nesta quarta-feira (23) cada cidade terá manifestações próprias. Apenas em Curitiba haverá concentração de professores da capital e da RMC no Centro Cívico, em um ato público que deve começar às 10 horas. “Na semana que vem vamos trazer a categoria para uma grande marcha aqui em Curitiba”, promete. Marlei antecipou que a programação do movimento foi feita com a possibilidade de se estender por semanas, “se for necessário.” Leia Mais

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta