Comando de Greve avalia proposta do governo insuficiente

As avaliações da nossa mobilização e do andamento das negociações entre a APP-Sindicato e o governo estadual foram feitas, de maneira pormenorizada, pelos representantes de todas as regiões do Estado que participaram do Comando Estadual da Greve Geral da rede pública de ensino do Paraná. A reunião do Comando foi realizada neste sábado (26), no auditório da sede estadual da entidade, e só terminou no final da tarde. Por unanimidade, os representantes de todos os comandos regionais de greve do Estado avaliaram a proposta apresentada pelo governo, em reunião com a APP-Sindicato na última quinta-feira (24), como insuficiente. A posição o Comando Estadual de Greve será encaminhada ao governo nas próximas horas. Agora, a categoria aguardará uma nova proposta do governo que contemple os principais itens da pauta de greve.

O Comando também definiu pela realização de um grande ato em Curitiba, no dia 29, e, em seguida, uma Assembleia Estadual de Avaliação da Greve da categoria. De acordo com os componentes do Comando, de dezembro até pouco tempo atrás, o governo, de certa forma, vinha se esquivando de negociar com o sindicato. A primeira reunião de fôlego deste ano ocorreu, de fato, após a forte mobilização do dia 19 de março. Além disso, foi fundamental esta greve para trazer o governador, em pessoa, para a negociação. Assim, a proposta apresentada pelo governo, apesar de claramente insuficiente, foi, também, fruto da nossa união e luta. É uma tradução da vitória que obtivemos até agora. Mas é preciso avançar. É essencial que sejam apresentadas propostas para o segmento dos(as) educadores(as) temporários (PSS), para a Educação Especial, para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), concurso públicos, para os(as) aposentados(as) e para a saúde.

Ademais, o Comando avaliou que é preciso melhorar os itens da proposta apresentada, como, por exemplo, a forma como se efetivará o pagamento das promoções. No próximo dia 29, caso o ocorra uma nova reunião com o governo, a categoria avaliará a mesma. Caso isto não aconteça, os(as) educadores(as) avaliarão os próximos passos da luta. O local e horário da Assembleia Estadual de Avaliação da Greve serão divulgados no início da semana, no portal da APP-Sindicato e no hotsite da greve.

O que é o Comando de Greve? Formado pela direção estadual, direções dos núcleos sindicais da entidade e pelos representantes de base, o Comando tem como função coordenar, organizar e a greve no Estado. Além disso, ele representa a nossa categoria nas negociações com o governo estadual, através da Comissão de Negociação. O grupo também acompanha a greve no Estado e visita os municípios que os Comandos Regionais julgam necessário. Por fim, o Comando concede entrevistas aos meios de comunicação e elabora e distribui os materiais de subsídio da greve para o Comando de Greve Regional.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta